terça-feira, 30 de janeiro de 2018

ENTREVISTA COM FRANCINNE!


PREPARADOS (AS) PARA BAILAR?

Meus leitores dançarinos, eu sei que vocês sabem dançar lindamente. Hoje aqui no blog teremos a honra de receber Francinne, que tá fazendo geral dançar com seu single e clipe novo, “Bom Demais”. A música pop latina é a nova tendência mundial e já consagrou nomes como Maluma, Luis Fonsi, Shakira, J. Balvin e, no Brasil, recentemente, Anitta gravou alguns hits com influências latino-americanas que ficaram entre os mais tocados de 2017.
Para esse ano, a  cantora  Francinne, a ‘La Rubia’ (A loira, em espanhol), como é conhecida, trilha o caminho do ritmo, mais precisamente, do reggaeton, e acaba de lançar o seu primeiro single e clipe, ‘Bom demais’, vem dançar antes de ver a entrevista, aperte o play! 


Francinne estamos muito felizes por ter você aqui no site! Contem para os leitores musicais, como foi sua que você entrou no meio musical e descobriu seu talento? 
Gosto de música desde pequena. Comecei a dançar ballet e durante as apresentações, tomei gosto pelo palco. Onde tivesse um, queria estar lá e a minha mãe dava um jeito para eu me apresentar. Também sempre gostei de cantar, mas foi a minha professora de ballet que me ouviu, gostou, conversou com os meus pais e eles me matricularam em aulas de canto. Ainda na infância, tive a oportunidade de cantar em vários eventos infantis e, desde então, não parei mais. 

 Quais são suas influências musicais?  
São várias. Britney SpearsMariah Carey, Kelly Clarkson, Whitney Houston, Shakira, Camila Cabello, J. Balvin, Daddy Yankee, Jennifer Lopez e Christina Aguilera. Me apaixonei de vez pelo ritmo latino quando ganhei o CD ‘Mi reflejo’, da Christina.
Sou do tipo que gosto de escutar de tudo um pouco e de fazer playlists com vários estilos musicais, incluindo o pop e latino, passando pelo rap e trap, o rock clássico das bandas The B-52sVan Hallen e AC/DC, e claro, não podem faltar as tradicionais canções do meu estado, Rio Grande do Sul.

foto Camila Tardim
Estamos sabendo que acabou de lançar um single e um clipe. Conte sobre esse trabalho.
Isso mesmo! Acabei de lançar o meu primeiro trabalho pela gravadora Universal Music, o single e o clipe do reggaeton Bom Demais’. A música é uma parceria minha com o meu empresário, Mister Jam, e com os renomados produtores e compositores de quem sou muito fã, Umberto Tavares e Jefferson Jr.. Foi inspirada nos hits de grandes cantoras da música latina, como Shakira, Karol G, Becky G, Natti Natasha, entre muitas outras.
‘Bom demais estará no repertório do álbum “La Rubia”, todo ele no estilo reggaeton, e que lançarei no mês de março.

Como foi musicalmente seu ano de 2017?  
O começo de tudo, de bastante aprendizado, de conquistas e o ano em que encontrei a minha identidade musical e a descoberta de que queria realmente cantar música latina e reaggaeton. Foi em 2017 que conheci Rommel Marques, Umberto Tavares e Jefferson Jr., que junto com Mister Jam, apostaram no meu trabalho. Foi a construção de tudo para que eu pudesse me preparar para 2018.

Como você ver o cenário musical hoje atualmente? Existe espaço para todos? 
foto de Camila Tardim
O cenário brasileiro está crescendo cada vez mais e a tendência é essa. Estão surgindo novos artistas, de vários estilos e de muito talento que estão mostrando, sem medo, a cara e as suas respectivas músicas, de qualidade e bem produzidas.

Ouvi algumas músicas no seu perfil do spotify. Qual canção foi mais importante da sua carreira e por quê? 
Hoje, sem dúvida nenhuma, a música mais importante é ‘Bom demais”, que eu acabei de lançar e que está marcando a nova fase da minha carreira, um projeto de música latina e uma aposta de toda a minha equipe e da gravadora Universal Music. Estou muito feliz com toda a repercussão.
Antes disso, não posso deixar de citar “Melhor sozinha”, que fez parte do meu EP “Na pele”, lançado em 2016, e deu início ao meu lado compositora. Amei escrever e contei com a colaboração do meu empresário, Mister Jam, e de Dalto Max. Quando eu componho, me coloco naquela situação e as letras vêm e fluem mais naturalmente. Por isso, gosto de falar de coisas reais e que vão tocar as pessoas.

Como você lida com os fãs?  Acha importante o papo com eles? 
Pra mim, é uma honra ter fãs, pessoas que me acompanham, gostam do meu trabalho e estão torcendo por mim, como os meus amigos e a minha família. Eles também querem o meu bem e, por isso, faço questão de responder sempre, manter contato e saber a opinião deles, se estão gostando ou não.

Como foi assinar com a Universal music? 
Um sonho realizado e a certeza de que vem muito trabalho por aí. Só tenho que agradecer a todos da gravadora e a minha equipe que acreditaram e apostaram em mim. Prometo que vou dar o meu máximo!

Qual recado você deixa para os leitores e fãs?  
Nunca desistam dos seus sonhos. É uma luta, mas quanto maior a luta, maior será a vitória e façam tudo muito bem feito e com muito amor. E, claro, agradeço a todos pelo carinho e apoio e estou muito feliz por novas pessoas estarem conhecendo o meu trabalho.

Antes de ir, qual musica você gostaria que a galera ouvisse? 
Claro que a minha atual música de trabalho, “Bom demais” (risos).  Espero que todos gostem!

VAMOS PARAR COM ESSE BLÁ, BLÁ, BLÁ e curtir mais sucesso da cantora? DÁ o play! 


E faça como eu, fique rezando para ter show logo da cantora na sua cidade para dançar e curtir muito. Acompanhe ela nas redes sociais:


Amanhã te espero aqui hein. Teremos mais música pra vocês!
Abraço forte!


Nenhum comentário:

Postar um comentário