segunda-feira, 20 de novembro de 2017

ENTREVISTA COM DETONAUTAS ROQUE CLUBE.


Hey leitores musicais rock roll, tudo certinho com vocês?

Quem aqui ficou loucamente ansiosa (o) pelo novo álbum do Detonautas Roque Clube? EUUUUUUUUU (risos) acredito que todo mundo ficou. Por mais que eles tenham liberado aos poucos algumas faixas, nos que somos fãs ficamos agoniados para o lançamento. O sexto álbum de estúdio do grupo vem sendo apresentado para os fãs da banda desde 11 de agosto, com o lançamento do primeiro single, “Nossos Segredos” (Tico Santa Cruz / Detonautas Roque Clube / Régis Leal), dando início nas comemorações dos 20 anos de estrada dos Detonautas.
O segundo single, “Dias Assim” (Tico Santa Cruz / Leoni/ Detonautas Roque Clube), ganhou videoclipe com a versão brasileira do vídeo “First Kiss”, experimento social de uma marca americana que colocou duas pessoas desconhecidas, frente à frente, para dar um beijo na boca. 
O vídeoclipe dos Detonautas já contabiliza mais de cinco milhões de visualizações nas redes do grupo. A composição inédita de Tico Santa Cruz em parceria, e com participação, de Leoni. “Dias Assim é uma canção que conforta o coração”, declara Tico Santa Cruz.
Nada vai me derrubar e Canção do Amigo são músicas que falam de otimismo e amizade, com gosto de CD novo chegando para os fãs de Tico Santa Cruz (vocal), Renato Rocha (guitarra), Fábio Brasil (bateria), DJ Cleston (percussão e programações), Phill (guitarra) e André Macca (baixo). O lançamento de VI marca os 20 anos de estrada dos Detonautas Roque Clube .

Que tal curtimos uma entrevista com a banda? Vem cá que te conto as novidades! 


Tive a honra de conversar com Renato Rocha, guitarrista. Confira agora entrevista.

1.É uma honra gigante ter a presença da banda Detonautas Roque Clube, muito obrigada por conceder entrevista para os leitores musicais rock roll. Curiosidade dos leitores, contem, depois do lançamentos do novo álbum inédito VI, surgiram muitas criticas positivas. Vocês já esperavam? 
Sinceramente não criamos expectativas com relação à crítica musical e é sempre muito bom quando aparecem comentários positivos sobre nossos lançamentos. Ficamos felizes com essa receptividade e aproveitamos para convidar a todos que ainda não ouviram esse álbum, que se permitam conhecer essa nossa nova safra de canções para tirarem suas próprias conclusões.

2. Uma pergunta que sempre faço para as bandas consagradas que entrevisto e vocês não poderiam ficar fora dessa. Como vocês vê o cenário musical brasileiro para as bandas e rock?  
O rock perdeu bastante espaço na mídia, vemos bandas consagradas encerrando suas atividades, festivais mudando de perfil ou acabando, rádios rock fechando, mas ao mesmo tempo vemos muitas bandas incríveis no underground, um mundo fervilhando na internet e nas diversas plataformas digitais, e temos certeza de que isso tudo vai eclodir numa nova fase do rock nacional. Os shows continuam cheios, a base de fãs aumentando vertiginosamente e acreditamos sempre que há espaço para todos os segmentos do nosso Brasil multicultural. O rock precisa deixar essa postura atual mais conservadora e purista e voltar a dialogar com as massas também. 

3. No site sempre digo que temos muitos talentos pelo mundo que não está na grande mídia. Qual banda ou músico que vocês gostariam de indicar para os leitores? 
Nosso baterista Fábio Brasil tem um selo de bandas independentes, o Mobília Music, que revela muitos grandes talentos. Dali podemos destacar Setembro, Stellabella, Verbase, Setemarez, Matallazi, Antiartista & a Banda dos Degenerados, Balthazar, etc... no Rio existe uma cena que se fortalece a cada dia, com Drenna, Stereophant, Folks, Nove Zero Nove e tantas outras bandas movimentando e trabalhando organizadamente para virar o jogo. A lista é grande!

4. Como foi o processo de gravação e composição do novo álbum? Contem alguma curiosidade sobre uma canção do álbum?
Esse álbum nasceu de forma similar ao Retorno de Saturno, de 2008. Como naquela época, o Tico apareceu com um punhado de canções no violão e partimos para desenvolvê-las no estúdio. O Phil também trouxe uma canção, Nada Vai Me Derrubar, e o Renato mostrou uma base que o Tico colocou a letra e que se tornou a Canção do Amigo. Tivemos a parceria do Leoni na canção Dias Assim e regravamos um clássico do Hyldon, Na Sombra de uma Árvore. Régis Leal também é co-autor de Nossos Segredos, uma das músicas que o Tico trouxe no violão e que a banda toda desenvolveu num ensaio no Mobília Space, o estúdio do Fabio Brasil que usamos para gravar o álbum com engenharia de som do Felipe Lisciel. Uma curiosidade é sobre Dias Assim, que o Tico escreveu a letra ao ouvir e se inspirar pela canção Everybody Hurts, do REM. Com o texto em mãos ele entregou ao Leoni e ao Renato e ambos musicaram a letra de formas completamente diferentes e em uninanimidade quisemos gravar a do Leoni, afinal, é uma honra para nós tê-lo em nosso álbum!

5. Do novo álbum existe alguma música especial para banda? E por quê? 
Todas são especiais para nós, de verdade! É parecido com perguntar a um pai qual seu filho preferido... kkkkkk 

6.  Vamos falar sobre fãs. Qual importância do fã na carreira da banda? Vocês acham importante esse contato e troca pelas redes socais? 
Sem eles nada disso seria possível, são eles que vão aos shows, inclusive nas fases mais difíceis, são eles que nos dão força, ouvem nossas músicas, compartilham, compram os álbuns e camisetas da banda, e que nos recebem com muito carinho nas turnês! A gente nasceu na internet e faz questão de ter uma relação direta com nossos fãs, sem intermediários! Sempre foi assim, desde 1997 e assim será.

7. Além do álbum que foi uma grande novidade. Podemos esperar uma turnê da banda pelo Brasil? 
Sim, vivemos do palco, da troca de energia com o público e dia 09/12 a turnê terá início no Imperator, no Rio de Janeiro. E segue pelo Brasil afora. Adoramos estar na estrada e estamos ansiosos para encontrar as pessoas nos shows dessa nova turnê, que por sinal, está com um set list muito bonito. Esse show é um apanhado de toda nossa carreira, os grandes sucessos e algumas mais obscuras, além de músicas do novo álbum! Ao vivo é que a mágica acontece! Apareçam todos! 

8. Qual dica vocês dão para as bandas que estão começando? 
Se organizem, componham bastante, estudem, leiam, vivam... usem e abusem da internet com organização e informações claras sobre a banda e material na melhor qualidade possível. Ensaiem, montem um show envolvente, se precisarem tocar uma ou duas músicas de sucesso que tenham a ver com a proposta da banda, toquem, desde que melhore o show e atraia e forme aos poucos seu próprio público. Aproveitem todos os espaços disponíveis, dividam tarefas entre as pessoas da banda, pensem como uma empresa. Estar no palco é a cereja do bolo, até chegar lá é preciso muito trabalho!

9. Para finalizar essa entrevista insana. Qual recado vocês deixam para os leitores Maah Music e fãs da banda?
Valeu pelo espaço, obrigado por estarem sempre nos incentivando a seguir em frente! Desejamos muito sucesso a todos vocês e nos vemos nos shows! 

Vamos parar com esse blá, blá, blá e curtir o som do novo álbum? DÁ O PLAY E AUMENTA O SOM! 


Agora estou ansiosa para o show ao vivo. Meu coração tá disparado, o seu também? Então vem comigo conferir todas as novidades e esperar data para os shows:


Amanhã tem mais música aqui e novidade hein! Te espero \o
Abraço forte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário