domingo, 2 de abril de 2017

VOCÊ TEM QUE OUVIR AGORA: KEL NASCIMENTO


Oi pessoas, tudo bem com vocês?

Ela brilha no palco!  Quando ouvir o álbum dela no spotify foi amor a primeira ouvida e já fui selecionado algumas músicas que mais me identificava. Quando fui assistir pela primeira vez ao show dela, descobrir que eu gostava de todas as musicas do álbum e que sabia cantar praticamente todas. Como assim? Eu tinha feito minha lista de preferidas, mas descobrir que o todo o álbum era o meu preferido, nos dias de hoje, eu diria que isso é algo fora do comum, muito difícil às pessoas – ou a grande maioria – gostar de um álbum todo e até mesmo escutar do começo ao fim, e fui surpreendida com trabalho da cantora Kel Nascimento, mostrado que tudo é possível, e digo mais leitores musicais, te convido agora mesmo para mergulho na minha mais nova paixão <3  



Talento, carisma, estilo e atitude são apenas algumas das virtudes que definem KeL do Nascimento. A cantora paulistana já conquistou ouvidos não só no Brasil, mas também em Boston, Los Angeles e Nova York, onde morou por 5 anos e gravou seu segundo álbum entitulado “KeL”, homônimo à compositora e intérprete.
A pluralidade cultural da artista é traduzida para a linguagem musical em “KeL", que ao longo de suas 10 faixas une elementos da música popular brasileira à vanguarda da música pop e eletrônica Norte-Americana. As composições são marcadas pelos synths rasgados e harmonias complexas acompanhadas de melodias simples, o que traz uma identidade singular ao trabalho, transformando o disco em arte pop.
O primeiro single do álbum - "Passarinho" - lançado em 2015, fez parte da trilha sonora do filme "Entrando Numa Roubada". O álbum conta ainda com a participação especial de Seu Jorge que canta ao lado de KeL na faixa "Vou Enlouquecer".
KeL já
 chamava atenção mesmo antes de sair da Berklee College of Music, faculdade na qual se formou em Composição e Performance. Dividiu o palco com artistas como Marcos Valle, Guinga, Dave Liebman, Sizão Machado, Ivo Mozart entre outros. Suas obras são construídas com base em referências musicais que misturam grandes nomes da música brasileira como Marisa Monte, Lenine e Tom Jobim, com artistas internacionais como Kimbra, Corinne Bailey Rae, Seal e Air.

Vamos parar de blá, blá,blá minha gente e dá o play aqui ô:


Gostaram? Digam-me qual música vocês mais se identificaram? Comentem!
Minha dica de hoje vale ouro né?! Então, entrem no site da Kel e fiquem por dentro de todas as novidades, agenda de show e muito mais:



Amanhã tem mais musica e muita novidades hein!
Beijo e abraço gigante pra ti leitor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário