Leitores musicais, tudo certinho com
vocês?

Hoje teremos FAIXA POR FAIXA em
primeira mão do músico que tá conquistando cada vez mais fãs e admiradores pelo
seu EP, Terceiro Molar. O disco contém cinco faixas produzidas
por Siso e Christopher Mathi, com a participação do mestre do
eletrônico Paulo Beto (Anvil FX) em duas delas. Além de canções de próprio
punho, o EP inclui releituras de dois artistas/bandas brasileiros alheios ao mainstream:
José Mauro, ícone da MPB dos anos 1970, e Paralaxe, banda seminal da cena
eletrônica de Minas Gerais. Confira agora.

Apocalipse
Quis que o “Terceiro Molar” fosse uma
carta de intenções, então era necessário começar de uma forma impactante. A
música que abre o EP é uma releitura do José Mauro, cantor e compositor dos
anos 1970. Ele lançou um ou dois discos, numa pegada MPB orquestral, e sumiu
desde então. A obra dele é incrível, com imagética e arranjos incríveis,
merecia ser revisitada por mais gente.

Homem
É uma música sobre masculinidades tóxicas e
sobre como elas são a raiz de muitos dos problemas que vivemos em sociedade. É
preciso avaliar os próprios atos o tempo todo, pra entender como ser parte das
soluções, e não dos problemas.

Lá Vou Eu Botar Tudo a Perder

É sobre como é necessário criar
estratégias diante das adversidades. Não é construtivo sair chutando o balde o
tempo todo, por mais que se queira. Pode não valer a pena, diante do que se tem
a perder. E é também sobre se atentar e lutar contra os momentos de
autossabotagem inconsciente.

Clubber do Milharal

É uma releitura de uma música do
Paralaxe, banda de Belo Horizonte. Tem universos inteiros escondidos nessa
letra, que se desdobram em jogos de palavras, referências de cultura pop,
lembranças de Minas, descrições da juventude inconsequente e um eu-lírico
flutuante.

Eclipse
É sobre autodescoberta, e sobre o quanto é
importante se conhecer para se posicionar diante dos desafios do mundo. Quando
a pessoa sabe quem é, ela não se perde no meio dos momentos de confusão e
deslocamento. Tem a participação do Paulo Beto, do Anvil FX, que vai
construindo um groove hipnótico na música com seus sintetizadores analógicos.

Vamos parar de blá,blá,blá e assistir o clipe da
música “Eclipse”. Dá o play:
 

Gostaram? O que acharam do músico Siso? Comentem!
Fique por dentro de todas as novidades, agenda de show do músico,
acesse:

Amanhã te vejo aqui? Ô que te espero hein!
Beijo e um abraço,

@maahmusic

DEIXE SEU COMENTÁRIO