sábado, 30 de julho de 2016

Coala Festival conta a história de um fã profissional: o ‘Levantador de Mina’.



Cadê os leitores que curtem um bom festival?
Tá chegando um dos festivais mais insanos, \o/ o COALA FESTIVAL.  Já falei dele aqui anteriormente e hoje trago mais uma novidade pra vocês. O filme de lançamento da edição de 2016 do Coala Festival apresenta a rotina de um “fã profissional” e dá o devido valor a um personagem comum a todos os shows de música: o “Levantador de Mina”. 



Pensado e produzido de maneira independente, o filme é fruto do trabalho de três amigos publicitários: o diretor de arte Christiano Vellutini, o redator Thomás Davini e o diretor de cena Jorge Ponce Betti.
“Para escolher nosso personagem principal, buscamos alguns insights verdadeiros sobre fãs em festivais. Independente do tipo de festival, sempre encontramos alguns personagens: o ‘Mergulhador de Palco’, o ‘Surfista de Multidão’, o ‘Lutador de Roda Punk’. A ideia inicial era de fazer pelo menos três filmes, cada um contando a história desses fãs. Mas, por conta de budget, acabamos optando por seguir apenas com o ‘Levantador de Mina’, que, de todos os exemplos que pensamos, é o mais comum a todos que vão a festivais de música”, diz Vellutini, que também é sócio do Coala.
A terceira edição do festival acontece no Memorial da América Latina, em São Paulo, no dia 3 de setembro. BaianaSystem, Cícero (com participação de Marcelo Camelo), Céu, Karol Conka, Lila e Silva são as atrações deste ano.


A colaboração de Ponce Betti foi fundamental para o sucesso do filme. Ele é argentino e teve uma carreira premiada como criativo em agência. Recentemente decidiu virar diretor de cena. Com o pouco tempo nessa nova área, já acumulou prêmios e é representado pela Landia, uma das maiores produtoras da Argentina. Foi reconhecido por seu trabalho como criativo com dois leões de ouro em Cannes (2005 e 2007). Em 2014, já como diretor, colecionou mais um prêmio na França.
“O ‘Levantador de Mina’ é aquele cara que levanta a namorada, o amigo, o filho, qualquer um que precisa de uma ajuda pra ver o palco. No filme, a gente quis mostrar o ritual de treino desse cara, como se ele fosse um atleta de alto nível mesmo", completa Vellutini.


Gostaram? O que acharam?  Deixe seus comentários!

SERVIÇO
Data: 3 de setembro de 2016 – a partir das 13h
Local: Memorial da América Latina (Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 - Barra Funda, São Paulo – SP)
Ingressos: R$ 80 (meia entrada: R$ 40 – para estudantes e mediante doação de um livro ou de um quilo de alimento não perecível)
Site de vendas:
www.totalacesso.com
Amanhã tem muito mais hein! Grande abraço e um beijo,

@maahmusic

Nenhum comentário:

Postar um comentário