segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

VOCÊ TÊM QUE OUVIR AGORA: BETINA.


Leitores movidos á música, tudo bem com vocês?

Apresento a vocês Cafuné, primeiro single da cantautora Betina. Parceira de BNegão há três anos no projeto Sítio do Pipa Pau Amarelo, a artista prepara agora o disco Carne de Sereia - produzido por Chinaman. Cafuné antecede o disco e já chega com clipe saudoso e dançante gravado na periferia da cidade de Curitiba, onde Betina cresceu. A faixa recebeu ainda mixagem de Buguinha Dub e agora, prontinha, pode ser vista e ouvida. Vem  curtir a novidades com a gente:


A cantautora Betina é uma mulher livre: uma artista que não quer se prender a nada, que acredita no obvio, no clichê e no extremo contrário. Mas o percurso para essa liberdade também conta. Desde menina, a curitibana criada no Amazonas soma influências do universo musical e da cultura popular brasileira a seus próprios ideais e intenções. Em 2011, lançou o EP “Doses Homeopáticas de Humanidade”. Em 2013, sua voz sedutora e autenticidade chamaram atenção do músico BNegão, que a convidou para integrar seu show “Sítio do Picapau Amarelo” como a personagem Emília. Betina seguiu no projeto com BNegão & Seletores da Frequência até 2014, para em 2015 - aos 28 anos - iniciar o processo de concepção de seu primeiro álbum, “Carne de Sereia”, produzido pelo artista China.

Betina vê a criatividade como transcendente, testando caminhos até chegar no equilíbrio que retira elogios de quem assiste suas performances. Para “Carne de Sereia”, a proposta foi mergulhar em si e retornar à superfície com mais fôlego, com letras sinestésicas, lúdicas e passionais em melodias que transitam por diferentes tonalidades. A faixa escolhida para estrear o disco, chegando primeiro aos ouvidos e olhos do mundo, fala justamente de trocas. “Cafuné foi composta pensando em sensações que se imprimem na memória e são difíceis de se ignorar ou esquecer, são como carícias”, diz a cantora. A musica tem produção de China e mixagem de Buguinha Dub. A faixa foi gravada nos estúdios Casa da Pompeia e PIPA Music.

Cafuné ganhou clipe filmado, em sua maior parte, na região periférica de Curitiba, onde Betina cresceu. “Os cenários são muito familiares a mim, posso dizer que ali estou em casa, ainda mais por serem todos os personagens do clipe amigos meus”. Em três dias de gravação e uma grande festa para celebrar as conexões, o diretor Leco de Souza transformou a canção em algo memorável, mas também tátil. A produção é de Séfora Roque e Mauro Fernandes, também produtor da cantora. E o resultado é um convite a libertar-se e - por que não? - chamegar. 




Gostaram? O que vocês acharam da cantora? Deixe seus comentários!

Esse é o tipo de música, que sábado a tarde eu afasto todos os moveis do lugar e danço como se não houve o amanhã. Ficou fã da Betina também? Então, faça como eu. Acompanhe o trabalho dela:


Amanhã te vejo aqui hein. Até, beijo @maahmusic

Nenhum comentário:

Postar um comentário