sábado, 1 de agosto de 2015

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM SERIAL FUNKERS.


Leitores movidos á música,
Tudo bem com vocês?

Hoje é dia de entrevista aqui no site.  Quatro amigos que se reúnem para fazer uma mistura de r&b, funk e samba. O resultado é um som autêntico, pulsante e cheio de energia. Difícil ficar parado!
A banda é formada por Regis Paulino (voz), Luciano Ribeiro (baixo), Luguta (bateria) e Herbert Medeiros (teclados). No repertório, as músicas do cd, como A batida do cara e Samba pra Juju e aquelas que já são sucessos consagrados em sua carreira.
A Serial Funkers foi criada no fim 2006 inspirada na soul music, na música brasileira e em outros gêneros da black music. Alguns meses após sua formação apresentou-se ao lado de Sandra de Sá, em São Paulo, e fez a abertura do show de Gloria Gaynor em Recife.
Em pouco tempo passou a ser presença constante em grandes casas de São Paulo e em várias cidades por todo Brasil, com performances onde o groove, as harmonias e melodias marcantes se destacam.
A partir de 2007 a banda também começou a produzir shows especiais em homenagem a ícones da música como Steve Wonder, Tim Maia e Michael Jackson. Na sequência vieram os shows em que a Serial dividiu o palco com Ed Motta, Tony Garrido, Wilson Sideral, Claudio Zoli, Gabriel Moura e outros grandes nomes da música brasileira, criando assim o projeto Serial Funkers & Convidados.
O grupo está em fase de lançamento do seu primeiro álbum. Com o título de “Porque Funk é coisa séria”, o CD traz 10 faixas inéditas.   

Confira agora entrevista com o grupo!



. É uma honra grande receber o grupo Serial Funkers. Como surgiu o grupo? 
Foi uma ideia do guitarrista Lancaster Ferreira (muito conhecido no meio do Blues), que convidou alguns amigos para formar uma banda de soul/Funk.   
                                          
. Por que o nome Serial Funkers? 
Foi dado por um amigo que dizia que deveríamos fazer um "Funk matador". Todo mundo curtiu o nome e assim ficou.      
                                 
. Vocês trazem uma sonoridade diferenciada, misturando R&B, Funk e o Samba. Como se deu essa grande mistura, e como isso reflete na carreira do grupo?  
A mistura se deu naturalmente devido às diferentes influências de cada integrante. 

. O resultado do som do grupo é autêntico, pulsante e cheio de energia e não deixar ninguém parado nos shows. Vocês acreditam que isso é um grande diferencial da banda?  
Também. Outro ponto marcante na Serial Funkers é a ausência da guitarra em sua formação atual. Para muitos isso é inadmissível para uma banda de Funk/Soul .

. A banda surgiu em meados de 2006 inspirada no soul music. Por que a mudança da sonoridade do grupo do soul music para a mistura do R&B, Funk e Samba?  
A Soul Music foi justamente isso, uma inspiração. No entanto, na prática, os outros gêneros foram se incorporando naturalmente. 

. O grupo já se apresentou ao lado de pessoas  incríveis, uma delas foi a cantora Sandra de Sá. Qual foi o momento mais marcante do grupo?  
Um momento que vale ser citado é a abertura do show de Gloria Gaynor, a rainha da Disco, que tivemos a felicidade de fazer em 2006 em Recife/PE. 

. Quais as influencias do grupo? Vocês têm gosto musical diferente? 
As principais influências da banda são Stevie Wonder; Earth,wind &fire; Tim Maia, Ed Motta e outros. 

. Qual foi a maior realização de vocês com o grupo? E há algum sonho em comum que ainda pretendem alcançar?  
A maior realização foi a gravação do nosso primeiro álbum autoral. E o sonho é a gravação do segundo, do terceiro, e assim por diante. 

. Como vocês lidam com carinho do público? Quais as redes sociais favoritas e que vocês mais gostam de conversar com os fãs? 
O carinho do público é extremamente gratificante. É a prova de que o nosso trabalho tem um efeito positivo sobre as pessoas. Procuramos retribuir da melhor maneira possível. Utilizamos principalmente o Facebook e o Instagram, mas também gostamos do contato feito nos shows e nas ruas.  

. Qual mensagem vocês deixam para os fãs e leitores do blog? 
Coloque muita música em seu dia-a-dia. Dance, cante, aprenda um instrumento. Agindo assim, tudo se torna mais fácil, a vida se torna leve!!!     

. Hoje vocês comandam o blog. Qual música vocês deixam para os leitores? 
"A Batida do Coração", primeira faixa do nosso CD. 

Dá o play para Serial Funkers! 



Gostaram?  O que acharam do grupo Serial Funkers? . Comente!

Eu adoro o som deles, e principalmente os shows que são sempre bem animados e fazem geral dançar. Faça como eu, acompanhe o grupo através das redes sociais, acesse:



Então é isso por hoje, mas amanhã mais música, entrevista, dicas e muito mais aqui no Blog Maah Music. Não percam!

Beijo,
@maahmusic

Nenhum comentário:

Postar um comentário