terça-feira, 2 de junho de 2015

OUÇA AGORA: ALINE MUNIZ.


Oi leitores musicais.
Tudo bem por aqui?

Hoje tenho uma dicona para vocês.  Conheci a cantora Aline Muniz através de uma reunião musical entre cantoras aqui em casa. As canções são alegres e contagiantes. Algumas têm uma pegada mais sexy (ui!), a exemplo a música “Tudo que ter um Fim” Mas outras mostram seu claro amor e o lado de uma mulher com atitude.

Após gravar os CDs “Da Pá Virada” e “Onde Tudo Faz Sentido”, Aline se redescobre em músicas com ares românticos e apresenta novo trabalho mostrando toda sua musicalidade e voz marcante.
O álbum mostra um outro lado de Aline, que desconstruiu sua imagem adotando uma postura mais ousada e madura, com influencias do jazz e funk na maioria das canções. A cantora ainda ressalta a conexão com os produtores Dudu Marote, Rodrigo Campello e Pedro Caropreso, que arremata o tom contemporâneo de seu novo trabalho. “Já nos ensaios percebi que esse show será daqueles impossíveis de ficar parado. Eu tenho vontade de me jogar do palco, agregar todas as mudanças que vem acontecendo na mpb.”

Confira agora entrevista exclusiva com a cantora!



Maah Music: Como você descobriu o amor pela música?
Aline Muniz: Minha casa sempre foi musical! Estive em contato com a música desde pequena e acho que o Ballet introduziu isso na minha vida sem eu nem perceber. Minha mãe me apresentou grandes cantores bem cedo e eu já cantava musicas que não condiziam com a minha idade. 

Maah Music: Cantora e compositora, você é um dos nomes que vem ganhando destaque no canário musical pelo seu talento. Como você vê o cenário musical hoje?
Aline Muniz: Eu vejo um momento de renovação. De mesclar gêneros e perceber que não existe música ruim ou boa, mas sim formas e arranjos diferentes de apresentá-las. Esse último disco me fez abrir mão de qualquer preconceito e ouvir TUDO de coração aberto, foi uma experiência muito interessante!

Maah Music: Na sua opinião. Existe espaço para todos os gêneros musicais no cenário?
Aline Muniz: Sem dúvidas! Cada um tem a sua importância e o seu determinado público. Eu sempre digo que a diversidade é a palavra chave. A música eletrônica tem seu público, tanto quanto o rock, o pop, gospel, funk e assim por diante. 
Se somente um gênero fosse usado não teríamos multidões enchendo festivais eletrônicos, passeatas gospel, bailes funk, pistas de dança lotadas, rodeios enormes que acontece pelo Brasil. Não dá pra dizer que só tem espaço pra um gênero, pois quem decide isso é o público. 

Maah Music: Você acabou de lançar seu álbum, “Outra”. Como surgiu o nome do CD?
Aline Muniz: É um momento de apresentar formas musicais diferentes do que foram usadas nos discos anteriores. O repertório foi escolhido com refrões mais fortes, harmonias descomplicadas, diálogo mais próximo do público e tudo isso representa uma  OUTRA Aline. 

Maah Music: Como é o processo de composição das suas maravilhosas canções?  O que te inspira compor? 
Aline Muniz: Sou muito observadora, então tudo me inspira! O caos principalmente, mas também os relacionamentos das outras pessoas.
O compositor não precisa estar, necessariamente, sofrendo pra escrever algo sobre perda, abandono, desamor, a inspiração está nos detalhes do dia a dia.

Maah Music: Qual foi o momento mais inesquecível durante a gravação do seu álbum?
Aline Muniz: São muitos!!! Desde estar com profissionais que eu admiro é sempre um privilégio, cantar musicas de outros compositores é receber um presente sempre. Dar vida a uma composição própria e ver que ela ficou tão linda quanto eu imaginei desde a primeira palavra escrita no papel...
Gravar um naipe de metais sempre dá uma emoção extra, assim como gravar uma base com toda a equipe pulando de alegria no estúdio quando tudo termina às 4 da manhã.  Concretizar um projeto é uma dádiva. 

Maah Music: Aline quais são suas influencias musicais?
Aline Muniz: Tudo o que eu escuto de uma forma ou de outra fica guardado na minha memória musical, mesmo que eu não ache que é uma referencia, aquilo, em algum momento, aparece numa composição ou num arranjo, é bem interessante. 
Mas sempre me da um calor no coração ouvir os meus discos preferidos. Dentre eles posso citar Sting, Esperanza Spalding, Incognito, Ray charles, Elza Soares, Ella Fitzgerald, Seu Jorge, Jammie Cullum, entre tantos outros.

Maah Music: Como foi o processo de composição do seu álbum “Outra”?
Aline Muniz: Pra escolhermos algumas músicas, que estarão no CD, muitas têm que ser feitas, pensadas, repensadas, descartadas.
Eu assino duas composições nesse disco junto com o Marco de Vita: "Só Sua" e "Love is Pure" e cada uma tem uma história, mas basicamente pensamos o tempo todo em manter uma linguagem simples e verdadeira. A Só Sua foi revisada por vários meses até que chegássemos ao refrão desejado, já a Love Is Pure nasceu de uma vez só. 

Maah Music: Nesse álbum. Qual é canção que mais descrever você?
Aline Muniz: Nossa, não sei se consigo definir isso! Cada uma conta um pouco de mim, representa uma parte do todo. 
O disco é feito de climas, de uma curva emocional, tem música que representa reflexão, outra um momento mais dançante e livre, outra mais doce e romântica...Tudo isso sou eu.... 

Maah Music: No novo álbum você conta com algumas parcerias. Como surgiu as parcerias? E por que essas pessoas?
Aline Muniz: Trabalhar com o produtor Dudu Marote foi uma escola!! Ele me mostrou uma visão sobre a música Pop maravilhosa. O cuidado com a escolha do repertório, dos timbres dos instrumentos, das sensações que cada música passa. 
Os compositores Rogê e Gabriel Moura, Walmir Borges, Mac de Castro, Zé Ricardo, Sandra de Sá, João Sabiá... Todos são pessoas que eu admiro e acompanho o trabalho. É uma honra quando alguém te presenteia com o seu bem mais valioso e poder me aproximar ainda mais deles foi incrível. 

Maah Music: Aline qual seu sonho como cantora?
Aline Muniz: Deixar um legado e ter uma história pra contar lá na frente, saber que coloquei canções no mundo que realmente significam algo, sempre saber a importância de ser uma comunicadora.  

Maah Music: Você tem uma legião de fãs. E cada vez mais vem conquistando mais pessoas com suas canções. Como é seu contato com o publico? Você usar rede social para ter esse contato?
Aline Muniz: Cada vez mais! Sou viciada no Instagram, Adoro! Acho que ver a vida das pessoas contadas por imagens é bem especial, muitas vezes não é preciso uma legenda. 
Tenho um blog que fala de cultura, entretenimento, comportamento que está lindo! 
Enfim, cada dia descubro uma nova paixão digital. 

Maah Music: Queremos saber. Quais as 6 músicas que você tem escutado atualmente?
Aline Muniz: La demeure d'un ciel  - Camille
Don't wait- Mapei 
This World - Selah Sue 
La tarde es caramelo - Vicente Amigo 
Black To The Middle - India Aire 
Everything is Everything- Phoenix  

Maah Music: Bate-bola rápido
Aline Muniz: - Amor: puro
- vida: longa 
- carreira: intensa
- família: base 
- fãs: estímulo
- Aline por Aline: intensidade 

Maah Music: Entrevista quase no final. Quais as próximas novidades, lançamento e agenda de show?
Aline Muniz: O disco será lançado no próximo mês. 
Shows da festa Gambiarra dias 13 de Junho (Sorocaba) 08 de julho em SP. 
Fiquem ligados na agenda porque vem muita coisa por aí! 

 Qual mensagem você deixa para os fãs e leitores do blog?
Aline Muniz: Deixo o meu carinho e desejo muita música e felicidade a todos!  
Confira agora a música que mais tenho escutado da cantora Aline, dá o play! 



Gostaram? O que vocês acharam da entrevista com a cantora Aline? Comente!!!

Gostei demais a música dela e espero que vocês também gostem. O gênero musical da cantora foge um pouco do que estou costumada a indicar e vão para um lado um pouco mais diferente, mais pop – que eu adoro também, (risos).

Bom, se você ficou fã dela. Faça como eu, acompanhe todas as novidades pelas redes sociais. Acessem:




Então é isso moçada, eu vou indo nessa ao som da cantora Aline Muniz!  
Beijo,
@maahmusic

Nenhum comentário:

Postar um comentário