terça-feira, 19 de maio de 2015

Minhas quintas serão Elétricas!


Olá, queridos leitores musicais.
Tudo bem com vocês?

Hoje eu estou tão feliz, que achei necessário compartilhar essa informação maravilhosa. Acho que vocês sabem minha paixão e admiração pelo site Jardim Elétrico certo? Então, essa semana tive a notícia insana que todas as quintas feiras teremos lá no Kabul Bar, que fica na região da consolação em São Paulo, eventos do site Jardim Elétrico.

Leitores de São Paulo ficaram curiosos (as)? Confira agora entrevista com Di Pietro, o Fundador do Site vai contar todas as novidades desse projeto. 


- Como surgiu a ideia de fazer as Quintas Elétricas?

Oi Maah! Na verdade, o coletivo já produz eventos ha certo tempo, mas nunca produziu com tanta freqüência.
Lá em 2013, conheci a Carol Tavares (uma das pessoas mais importantes da minha trajetória profissional) fundadora da Jazz House, na época, pude acompanhar o trabalho dela com artistas que eu admirava,  me apaixonei por todo movimento que acontecia por lá.
Creio eu que movimentos como as ‘Quintas Elétricas’ não se criam, nascem de uma necessidade.
Desde o nascimento do Jardim, tento manter uma relação muito próxima com músicos de todo Brasil, e uma reclamação recorrente da maioria era – Por que SP não abre espaço pra músicos de outros estados? – as quintas elétricas surgiram da necessidade de trazer qualidade musical de todo Brasil.

- Talvez essa pergunta seja um pouco clichê. Por que a quinta? E Por que a escolha do Kabul Bar?

A quinta é mais comportada (risos), o foco realmente é o show, a qualidade musical. Quando fechei a parceria com o Victor (Dono do Bar), a programação já estava fechada. Quarta rola Jazz, Sexta e Sábado rolam festas regadas a boa música brasileira. O Kabul é aconchegante, e a rapaziada de lá é incrível, são apaixonados por música.

- O Site Jardim Elétrico é um dos sites mais conceituados sobre música Brasileira. O projeto Quintas Elétricas seria para trazer mais os leitores em contato com a música?

Talvez seja ao contrário, a ideia é levar os artistas a esse público. Quem consome música hoje no Brasil, especificamente em SP, está dentro de circuitos que são na sua maioria de difícil acesso aos novos artistas, principalmente de outros estados.

- Estamos curiosos para saber como é feito a escolha dos músicos que vão tocar?

Na primeira semana de ‘Quintas Elétricas’ já tínhamos fechado a programação até agosto. Ficamos 3 anos ouvindo muitos discos, alguns destes artistas se destacaram mais (na nossa opinião). é daí que surge: a galera precisa conhecer isso.

- O projeto conta com parceria de outros sites referente á música. Como surgiu a ideia de fazer parceria com outros sites?

Acredito que os Coletivos sempre serão sempre mais fortes.

- Falando ainda sobre parceria. Você acha que faltar parceria entre os sites de música para a cena ser mais forte ou não?

Há um movimento muito bonito na música independente. Existe um viés colaborativo para com a obra de outros artistas. Cada vez mais, obras viram realidade graças ao ‘acreditar no trabalho do outro’. Se quisermos fazer parte disso, precisamos entender o que nos move.

- Sou fã do Jardim Elétrico. Como é pra você vê que o seu site é muitas vezes para inspiração para outros sites ou blog? Qual dica você tem pra oferecer pra quem está começando com algum projeto?

Arte é se expressar, falar sobre ela também é, seja criativo, some, e acima de tudo, acredite que você fará diferença.

- Di queremos saber a verdade. Qual seu gosto musical preferindo?  O que você tem escutado atualmente?

Na infância ouvi muito samba, era algo que rolava em casa rs, na adolescência ouvi muita bossa nova, gosto de explorar melodias, deixá-las levar. Não me prendo a gêneros.
Zé Manoel, Phillip Long, Castello Branco, Cícero, Wado, João Bernardo, Makely Ka, Curumin, Caê Rolfsen e Gui Amabis. Acho que estes são os artistas contemporâneos que mais me comoveram.

- Como você vê o cenário musical seja ele no gênero MPB, ROCK, SOUL... ?

O avanço da tecnologia nas duas ultimas décadas possibilitou a aparição de muitos artistas, tornou o ‘viver de arte’ viável. Porém, muitos destes artistas estão sozinhos, precisam se produzir, se assessorar, vender sua idéia e executá-la. A carga é pesada!
Acredito que artistas continuarão a reproduzir sua arte, sendo ela do gênero que for. A parte ruim desse cenário, todo mundo já sabe.

- Entrevista está quase no final. Quem for todas as quintas no Kabul bar. O que podemos esperar desse novo projeto?

Qualidade musical!

- Quais as próximas atrações?

Quinta agora tem Ana Larousse, Bernardo Bravo e Du Gomide, estamos organizando um sarau bem lindo na semana que vem. Mês que vem rola um evento em parceira com o Brasileirissimos, e outra com o site MúsicaPavê.

Gostaram? O que vocês acharam do projeto Quintas Elétricas? Deixem seus comentários!

  Faça como eu. Acesse e fiquem por dentro de todas as novidades do site O Jardim Elétrico.



Dia 21/05/2015, O Jardim Elétrico apresenta: Quintas Elétricas com Ana Larousse, Bernardo Bravo e Du Gomide.

Local: Kabul Bar 
Horário: A partir das 20h.
Confirme sua presença no evento:
https://www.facebook.com/events/468664956631389/


Então é isso por hoje, mas amanhã tem mais música aqui no Maah Music. Não percam!

Beijo,
@maahmusic



Nenhum comentário:

Postar um comentário