quinta-feira, 21 de maio de 2015

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM THE MAINE.


Olá, queridos leitores curiosos (as).
Tudo bem com vocês?

Hoje estou muito feliz. The Maine retorna ao Brasil com a turnê do álbum "American Candy” , trazendo ainda a banda The Technicolors como atração de abertura.
A banda iniciará a passagem Brasil, no Rio de Janeira, no dia 31 de julho, em seguinda desembarcam em São Paulo para os shows nos dias 1 e 2 de agosto, se apresentam em Porto Alegre no dia 4 e encerram no dia 5 em Curitiba.

O motivo dessa felicidade é a entrevista exclusiva com a banda The Maine aqui no site. Em breve a banda está chegando aqui no Brasil, e como sou muito curiosa bate um papo insano com o baterista Pat Kirch.



BMM: Na outra turnê no Brasil, o músico Nick Santino abrir os shows da banda. Este ano, você trazer a banda The Techicolors. Como surgiu a parceria com a banda?
PAT- Ouvimos Os Technicolors e amamos as músicas e tornamos amigos bem rápido. Quando estávamos pensando em ideias para o passeio, soube imediatamente que queríamos trazê-los. Estou tão animado para Brennan como é incrível oBrasil. Ele vai ter uma explosão.

BMM: Falando em parceria entre as bandas. Você acha que o mercado da música falta a união de bandas e músicos?
PAT- Eu acho que as pessoas precisam ter mais diversão na música e ter mais chances. Não há nenhuma necessidade para que ele se sente como uma raça, todos podem trabalhar juntos e fazer algo grande. 

BMM: Vamos falar sobre a grande novidade e que fez sucesso nas redes sociais. Novo álbum "Candy americano" da banda. Qual é a diferença deste novo trabalho para o outro já lançado?
PAT- Temos sido surpreendido com a forma como as coisas estão indo com este álbum. O montante do apoio que temos recebido de pessoas em todo o mundo é algo que nunca vai entender. Eu acho que este álbum é o melhor do que fizemos no passado e empurrando para novas direções ao mesmo tempo. Eu acho que depois do Dia das Bruxas para sempre pegamos aquele som tão longe quanto poderíamos e este é o começo de um novo capítulo para a nossa banda.

BMM: Como foi o processo de gravação do novo álbum?
PAT- Foi muito divertido, nós alugamos uma casa em Joshua Tree, CA no meio do deserto e trouxe todo o nosso próprio equipamento. Parecia que podia fazer o que queria, porque não estávamos trabalhando em um estúdio de gravação tradicional. Ele sempre foi um sonho meu de gravar um disco em uma casa e isso finalmente aconteceu. Agora precisamos superar isso da próxima vez!

BMM: Qual é a auto definição da banda The Maine?
PAT- Somos uma banda de rock and roll com cinco caras que gostam do que fazemos e que amam nossos fãs. 8123 família é o melhor.

BMM: O novo disco, foi muito bem comentado pela crítica. Para que você atribui essa boa aceitação da crítica e do público?
PAT- Eu tento não me preocupar com o que os críticos pensam sobre o que fazemos, desde que nossos fãs gostem e que estão felizes, então tudo está bem no mundo!

BMM: O que podemos esperar para os shows aqui no Brasil?
PAT- Eu sinto que estamos colocando sobre os melhores shows que já temos agora e há uma nova energia em nós e estou animado para trazer que para o Brasil! Vai ser de alta energia, com certeza.

BMM: Que mensagem em particular que você quer passar para quem ouve o álbum "Candy americano"?
PAT- eu quero que você dance!

BMM: Entrevista está chegando ao fim. Qual a mensagem que você deixa para os fãs brasileiros?
PAT- eu espero que você saiba como você é especial para nós e quanto nós amamos vocês! Estamos animados por estar de volta e jogar a música para vocês. Ela vai ser uma explosão. Te vejo em breve !!!!

Bom, o papo está ótimo, mas vamos de som agora. Aqui no Maah Music, banda The Maine.  Dá o play!!




Gostaram? Qual música vocês mais curtem da banda?  Comente aqui.

Certeza que sim, é impossível não gostar deles! Bom, para vocês que gostaram do som e querem sempre ter noticia da banda, é bem simples. É só acessarem: 



Então é isso por hoje, amanhã tem mais novidades aqui no Maah Music. Não percam!
Beijo,
@maahmusic

Nenhum comentário:

Postar um comentário