sábado, 4 de abril de 2015

SPCult: Pra quem gosta de música brasileira.


Oi, queridos leitores culturais.
Tudo bem?

Hoje tenho uma dica para vocês curtirem o final de semana e até mesma a semana depois de um dia de trabalho, nada melhor que ir a um show bom em um lugar confortável, não é mesmo? Como já disse várias vezes aqui no blog. O Theatro Net SP é um dos meus lugares preferidos para aproveitar minhas horas de lazer. Confira agora minhas 4 dicas de apresentação no Theatro Net SP. 


13/04: Toquinho
O Theatro Net São Paulo recebe Toquinho, na Vila Olímpia, para uma única apresentação, com a participação de Anna Setton, no dia 13 de abril, segunda-feira, às 21h.
O espetáculo de clima intimista - só com voz e violão - segue o formato de música e bate-papo com a plateia. “Faço isso como se estivesse na sala da minha casa. Esses casos, alguns inéditos, ilustram as canções e divertem o público”, conta o músico. Durante o espetáculo, o violonista mostra canções de sua autoria e clássicos da MPB, que ganham o reforço da voz suave de Anna. Nos momentos solo, ele interpreta sucessos como Regra TrêsCadernoTarde em ItapuãQue Maravilha e Aquarela.

28/04: SILVA
O Theatro recebe uma das revelações da nova safra da música brasileira, o capixaba Silva apresenta o show do álbum Vista Pro Mar no dia 28 de abril, às 21h, no Theatro NET SP, acompanhado por Rodolfo Simor (guitarra e synth - sintetizador) e Hugo Coutinho (bateria).
O último álbum do artista foi reconhecido como o melhor de 2014 pelo iTunes. Ele tem sido reconhecido também por nomes fortes da música brasileira, como Tom Zé, que o convidou para produzir uma música de seu último disco, Vira Lata na Via Láctea, e Nelson Motta, que o convidou a produzir uma versão atualizada da música Marina no Ar para o disco Nelson 70.
Além de ter sido atração no Lollapalooza Brasil, Silva foi um dos destaques do Rock in Rio Lisboa. Em Portugal, também se sobressaiu pelas apresentações no Mexefest, um dos principais festivais de música do país, e no encerramento do programa X-Factor, tendo sido convidado como atração principal.
Na agenda nacional do músico constam também apresentações no Rio de Janeiro, Brasília, Belém e Espírito Santo, estado onde o artista se formou como violinista.

29/04: FAFÁ DE BELÉM.
Fafá de Belém dedica o repertório do show acústico que apresenta no  Theatro NET SP, no dia 29 de abril, quarta-feira, às 21h, às noites cariocas dos anos 1970 e 80. Foi naquela época que a jovem cantora recém-chegada ao Rio de Janeiro estourou nas rádios.
Intitulado Meu Rio de Muitos Janeiros, o espetáculo de clima intimista tem roteiro musical baseado em alguns dos seus principais hits e canções de compositores cariocas, como Chico Buarque, Tom Jobim, Roberto Menescal e Dolores Duran. A cantora relembra sucessos como Coração do Agreste e Foi Assim. Sedução, Olha Maria, Minha História e Gota D’Água, canções do repertório de Chico se juntam a standards da música brasileira, como Preconceito e  Ninguém me Ama, de Antonio Maria e Fernando Lobo, e Valsa de uma Cidade (Antonio Maria e Ismael Neto, compositores que amavam o Rio - mesmo Maria sendo pernambucano e Ismael paraense).
A banda que acompanha Fafá de Belém é formada pelos músicos Ricardo Costa (bateria), Renato Loyola (contrabaixo) e João Rebouças (piano).

30/04: FERNANDA TAKAI.
Fernanda Takai no Theatro NET SP, na Vila Olímpia, para uma única apresentação do espetáculo Na Medida do Impossível, no dia 30 de abril, quinta-feira, às 21h.
O repertório é baseado em seu mais recente disco, o terceiro da carreira solo e o primeiro autoral, produzido por John Ulhoa, seu companheiro na banda Pato Fu, lançado em março de 2014. Na seleção de 13 músicas, Fernanda divide a autoria de Seu Tipo, com Pitty; De um Jeito ou de Outro, com Marcelo Bonfá; e Quase Desatento, com Marina Lima e Climério Ferreira. “À primeira vista tudo parece meio caótico musicalmente, mas foi pelas arestas que encontrei o encaixe de mundos distintos; não pelo insólito, mas pela nobreza de cada voz, compositor e músico que participa desse caminho”, conta. O CD traz ainda Doce Companhia, sua versão em português para uma música da cantora mexicana Julieta Venegas, e regravações de A Pobreza, de Renato Barros, eComo Dizia o Mestre, de Benito di Paula.
Essas e as demais músicas de Na Medida do Impossível, como Pra Curar Essa Dor e You and Me and The Bright Blue Sky, compõem o repertório do show, além de canções que marcaram sua carreira solo. No palco, Fernanda é acompanhada pelos músicos Larissa Horta (baixo e vocais), Lenis Rino (bateria e vocais), Lulu Camargo (teclado e gaita) e Tiago Borba (guitarra, violões e vocais).


Gostaram da agenda queridos leitores? Deixe seus comentários.
Faça como eu. Acessem e fiquem por dentro de todas as novidades e programação do Theatro Net SP e Rio.
Então é isso por hoje, mas amanhã tem mais música aqui no Maah Music. Não percam!
Beijo,
@maahmusic

Nenhum comentário:

Postar um comentário