domingo, 1 de março de 2015

Ouça Agora: Jéf.


Oi, leitores apaixonados por música boa.Tudo bem com vocês?
Conheci o talentoso Jéf através de uma amigona que mora em Porto Alegre, cidade maravilhosa e cheia de músicos bons, ouço todos os dias seu novo álbum, LEVE. E é o meu álbum atualmente  favorita  – justamente por me remeter a bons momentos, hahah.. Por isso, se vocês ainda não conhecem, tá na hora de conhecer agora, VAI:

Jéferson de Souza, ou simplesmente Jéf, tem 25 anos e nasceu em Três Coroas-RS. Sob influências musicais como Beatles, Los Hermanos, Jorge Drexler, Roberto Carlos, Tiago Iorc e Silva, ele desenvolveu suas canções autorais cheias de qualidade e com uma sonoridade contemporânea envolvente. Conectando-se à cena folk e indie rock atual com muita suavidade e leveza em suas composições, o disco Leve tem uma combinação extremamente agradável de melodia, versos e harmonia em cada faixa.
Em 2012 escreveu "Leve" (música título do álbum) em parceria com Luciano Guidi, para uma peça de teatro que não foi adiante; o que fez com que a música fosse, na época, para a gaveta. Mas logo recebeu um convite para uma nova trilha em um curta. O projeto dessa vez foi adiante e a primeira música então a ser gravada em parceria com o produtor Thiago Heinrich foi "Quando Você Voltar". Em seguida “Leve” ganhou vida, e seguindo com a parceria, surgiram outros singles como "Oi", "Pra Colar", "Só" e "Reticências", primeiramente disponibilizados na internet, e que passaram a integrar o álbum. Vamos animar esse post com música? Dá o play para o álbum LEVE! 



Leve é um lembrete de que a boa música não se trata apenas de produções grandiosas, mas sim de amor pelo que se faz. Com um olhar poético e admirável sobre a vida, Jéf consolidou o projeto solo com mais quatro composições: "Quintal", "Com Você", "Tão Pra Lá" e "Monalisa".

A arte visual do álbum trouxe o pó colorido como principal elemento, relacionado diretamente com a personalidade das canções. Inspirado na característica de uma tradição indiana - a celebração da chegada da Primavera através do costume de se cobrir o corpo com o pó colorido - esse elemento foi escolhido por transmitir alegria, criatividade, respeito, união e, principalmente, por celebrar a leveza a partir dos sentimentos que carregamos, que muitas vezes se esvai pelo nosso cotidiano. "Hoje eu faço a música que eu gostaria de ouvir. Acho que isso torna tudo mais sincero. Com verdade no que fazemos, tudo fica mais bonito", conta Jéf.



Gostaram? O que vocês acharam das canções? Deixe seus comentários! Eu adoro o Jéf. Todas as músicas do novo álbum dele. As letras são lindas e ainda podemos dança também, pelo menos eu danço até na chuva rs. Fiquem ligados nas redes sociais ado músico e acompanhe as novidades. 


Fico por aqui, amanhã tem mais música pra vocês!
Beijo,
@maahmusic

Nenhum comentário:

Postar um comentário