terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Entrevista Exclusiva com Daniel Shadow.


Olá, queridos leitores musicais.
Tudo bem com vocês?

Hoje é um dia muito especial no blog. Daniel Shadow teve seu primeiro contato com o Rap no início da década de 90, durante a chamada Golden Era (Era de Ouro) do hip hop mundial. Até hoje MCs e produtores daquela época, como J Dilla, Pete Rock, Mos Def, B.I.G., continuam sendo suas principais referências.
Começou a escrever rimas aos 15 e em 2007, aos 26 anos, fundou o grupo Cartel MCs, com os parceiros Ber MC, Delarima e o DJ Erik. Além de compor e cantar, também foi responsável pela produção musical e projeto visual dos dois primeiros álbuns do grupo (Cartel MCs - Duplo e Pulp Fiction). No final de 2012, criou o selo independente Tudubom Records, com o produtor Henrique MãoLee e o MC Filipe Ret. Juntos, produziram o disco “Filipe Ret - Vivaz” e estão na estrada fazendo shows pelo Brasil.

Hoje, com uma bagagem de mais de 15 anos de Rap, Shadow se sente maduro e confiante pra um novo começo: a carreira solo. Em 2013 foram lançados dois singles, "Legião" e "Olha Como Fala", que já contam com milhares de acessos pelo canal da Tudubom no youtube. E é com grande honra que recebo um dos melhores do Hip Hop aqui no blog. Vem comigo conferir essa entrevista insana com Daniel Shadow.




. Estamos felizes com a sua presença no site e é uma grande honra ter você aqui Daniel Shadow. Você começou a compor rimas aos 15 anos de idade. No que você se inspirava para fazer as rimas? As rimas era uma forma de desabafo?
Desde que comecei a ouvir Rap, senti que não era apenas música, era um estilo de vida. O universo do hip hop me abraçou e passei de ouvinte a compositor naturalmente. Comecei brincando com a sonoridade das palavras, aos poucos aprendi a transformar minhas ideias em versos.

. Além de cantar e compor você é produtor musical. Na sua visão como produto e musico existe espaço no cenário musical para os rapper? O que você acha que um rapper precisa ter para ser sucesso?
Como falei na pergunta anterior, o Rap não é apenas uma música, é todo um estilo de vida (Cultura Hip Hop) e por isso é diferenciado e segmentado mesmo. É preciso saber trabalhar com o público de Rap. Cada vez mais percebo que aumenta o interesse do público pelo Rap e só depende de nós (artistas e produtores) o crescimento do mercado. Sucesso não é aparecer na televisão e ficar famoso, sucesso é conquista de metas. Pra ter sucesso, é preciso ter foco e disposição, só isso.

. Você fundou o grupo Cartel MCs. Qual foi o momento mais especial do grupo na sua opinião?
Acredito que tenha sido quando o Ber chamou Ret e Mãolee (que na época tinham um grupo chamado Numa Margem Distante) pra uma colaboração de uma faixa. Dessa parceria nasceram os singles "Distante" e "Pete Lee", além de ideias que definiram o caminho de todos nós.

.Você também foi o criado do selo independente TuduBom Records, junto com outros parceiros. Como foi ver o sucesso do selo e do artista produzindo, Filipe Ret?
Parecia claro pra mim que as coisas dariam certo. Quando unimos forças (Eu, Mãolee e Ret) e decidimos lançar o "Vivaz", eu sabia que era só trabalhar firme e colher os frutos. Com esse disco, atingimos e até superamos nossas metas.  

. Vamos falar sobre o novo lançamento de Dezembro. Como foi as gravações do álbum “Tudo ou Nada”?
Eu e Mãoli, gravamos e editamos tudo no estúdio da Tudubom. O processo durou cerca de um ano.

. Sobre o novo álbum: Como foi o processo de composição? O trabalho final foi como você esperava? 
A principal inspiração foi minha vida, tudo que vivi, vi e ouvi. Não necessariamente escrevo sobre coisas que aconteceram comigo mas que podem ter acontecido com algum amigo, parente, etc. O disco demorou a ficar pronto mas ficou do jeito que a gente queria.

. O disco tem sido muito bem comentado.  Ao quê você acredita na tão boa aceitação?
Talvez porque consiga transmitir a verdade dos sentimentos, seja a fúria da "Tudo ou Nada" ou o amor da "Nada é Imposível pra Nós".

. No novo álbum você tem alguma música preferida?
Não dá pra escolher uma, gosto MUITO de todas, rs.

. Como foi participar do Showlivre? Você está em turnê agora. Qual cidade gostaria de tocar?
Lançar o disco AO VIVO no Showlivre foi mó vibe, vários amigos presentes, fãs… um dia inesquecível. Quero tocar até na lua!!!

. Quais são suas influencias musical? Você acha que  as influencias musicais pode interferir e tira a essência do artista na hora de compor uma música ou fazer um trabalho?
Tenho muitas influências, não só no Rap. Todo artista PRECISA de referências. Não se cria algo NOVO sem saber o que já foi criado.

. Qual é a música que te auto-definir?
Nenhuma. Meu mundo é muito grande.

. O que atualmente tem escutando mais na playlist? Se tivesse oportunidade de dividir o palco com alguma banda ou músico. Qual seria?
Ouço muito Rap dos anos 90. Gostaria MUITO de dividir o palco com a Amy Winehouse. Quem sabe um dia.

. Qual sua dica para as pessoas que querem ser rapper ou até mesmo seguir carreira como músico?
Estudem, observem. É preciso ouvir de TUDO e conhecer pelo menos um pouco de cada coisa. Fazer arte é enxergar além do que se vê.

. Entrevista da quase no final. Como é seu contato com os fãs? Você usa muito as redes sociais para ter comunicação com os fãs?
Sou MUITO bem recebido em todos os lugares onde passo e os fãs me tratam com muito carinho. Sou "artista independente" porque sou dono da minha gravadora, mas sou TOTALMENTE dependente do meu público e nas redes sociais procuro retribuir um pouco dessa energia que eles me dão.

. Quais as últimas novidades que podemos esperar? 
Quero fazer um clipe pra cada faixa do disco. Quem viver, verá! Rs

. Qual mensagem você deixa para os fãs e leitores do blog?
A vida só se dá pra quem se entrega.

. Hoje você  que comanda o blog. Qual música você deixa para a galera dá o play?
O Bonde Partiu com participação dos meus irmãos Spvic e Spinardi do grupo Haikaiss. Valeu, até a próxima!

Dá o play!!



Gostaram? O que acharam da entrevista com Daniel Shadow? Deixe seus comentários!

Eu adorei o novo trabalho. Gosto de todas as letras e o show dele é um dos melhores. Quer acompanha o trabalho do músico?  Acesse e fique por dentro de todas as novidades:



MC Daniel Shadow apresentou as canções de Tudo ou Nada, seu álbum de estreia, ao vivo no Estúdio Showlivre. Que tal terminar o post curtindo o session? Dá o play!



Amanhã tem mais novidades aqui no site com Descontruindo o Pop, com colunista Márcio. Não percam!
Beijo,

@maahmusic

Nenhum comentário:

Postar um comentário