quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Desconstruindo o Pop!


Queridos leitores, tudo bem com vocês?
Hoje é dia de dica do colunista Márcio. Que tal conhecemos mais uma dica incrível?! Então, a convidada da noite é Mitski.


Mitski (Brooklyn, Nova Iorque).

A estreante Mitski Miyawaki acaba de lançar seu álbum "Bury Me At Make Out Creek ', que divaga sobre as brutalidades enlouquecedora do amor e as formas mais distantes da loucura que nos empurra em todas as direções. "Uma palavra sua e eu pularia fora dos limites', ela se compromete sobre teclados melancólicos de 'First Love/Spring Late'. Depois, suspira que "um amor que cai tão rápido quanto um corpo"sobre guitarras noise-pop em 'Townie'. Os ecos difusos em "Myra Lee" podem lembrar Cat Power. O álbum é um registro que não puxa seu coração tanto quanto impiedosamente o martela.

'I Will' é um dos momentos mais doces do álbum: Mitski pleiteando um amante sobre uma linha de baixo envolta de teclados. Seguem 'First Love/Spring Late', em vídeo ao vivo e o player da faixa 'I Will' no Soudcloud. Amantes de Cat Power, com uma pitadinha de Joy Division, PJ Harvey e Velvet Underground, vocês não vão se arrepender. 





Mais informações:

O que vocês acharam do som? Gostaram? Comente aqui!
Fico por aqui e até a próxima.
Márcio Guariba



Nenhum comentário:

Postar um comentário