Olá, queridos leitores musicais.
Tudo bem com você?  
Hoje feriadão aqui em São Paulo. Estou aqui com
uma superentrevista para vocês.
Victor Olivatti começou sua carreira solo em 2013,
quando voltou do exterior e deu início as suas composições. Psicodelia Tropical
Brasileira define! Um som que percorre muitos universos, do Samba ao Baião,
passando pela Bossa Nova, trazendo elementos de Reggae a Soul
Tem a voz forte e as batidas que
cativam, uma receita que me conquista beeeem facinho. Tive a honra de conversa
com músico Victor Olivatti. Confira agora entrevista exclusiva.

foto por : Yasmin Dias

.
Victor Olivatti, estamos felizes pela sua presença no site. Você começou sua carreira em meados de 2013, logo depois de uma
viagem ao exterior. Musicalmente falando
, suas composições, ou mesmo como músico,
foram influenciados por essa viagem?
Olá, também fico muito
feliz também pelo reconhecimento e espaço para poder contar um pouco sobre mim
e o que venho buscar na música. Na verdade, já venho de uma vivência na música
passando por algumas bandas antes de realizar este trabalho como artista solo,
que dei início em 2013.
Sem dúvida alguma a
experiência no exterior me influenciou tanto na vida pessoal como artística.
Ver nossa cultura sendo tão reconhecida lá fora, foi um dispertar pra mim,
sabe? E tocando bossa nova
em alguns bares e pubs
por lá foi que acabei sentindo toda a energia de ser um artista brasileiro. Sou
literalmente apaixonado pela nossa cultura. Como gosto de dizer “A gente
precisa sair daqui pra ver quão bom é! “.
. Como você definiria seu som?
Psicodelia Tropical
Brasileira! existe isso? (risos) Meu som caminha por várias vertentes, do Samba
ao Baião, passando pela Bossa Nova, trazendo elementos de Reggae a Soul..
Meu som é pra ser sentido!
Gosto de criar pensando nas sensações que sinto ao tocar, mentalizando muitas
cores e imagens, acredito no poder das energias que o som transmite a quem
ouve.
. Quais são as influências do seu novo trabalho? O que atualmente você tem
escutado na sua playlist?
Todo tipo de música
brasileira me influenciou: Caetano Veloso, Jorge Ben, Tim Maia, Novos Baianos,
Mutantes, Elis, Gil, Tom Jobim.
Foram todas essas ‘’feras”
que cresci ouvindo, graças ao bom gosto musical de minha mãe, e agradeço muito a
ela por ter colocado tanta coisa boa pra mimquando pequeno. Chico Cesar, Zé Ramalho,
Secos e Molhados… Tem muita coisa boa mesmo! Atualmente na minha playlist tem
Di Melo, Marcos Valle, Tom zé…
. Como foi o processo de composição da música Concha?
Eu não me lembro ao certo
o dia em que escrevi ‘’Concha’’ e nem o processo todo, mas adoro escrever… Sempre
que tenho algumas idéias na cabeça, corro pro computador ou pro papel pra
registrar.. normalmente as inspirações vem de vivências, leituras e muita informação
que fica no meu subconsciente, gosto de ler bastante sobre assuntos esotéricos,
energias, meditação e todo tipo de mistério em nosso planeta, acredito que as
vezes a mensagem vêm de algo maior que eu mesmo, uma energia que se manifesta
em forma de pensamento e sou apenas ferramenta pra passar a mensagem, um
canalizador eu diria, ou trabalhador da luz.
. O que você acha do cenário musical atualmente? Você acredita que existe espaço para todos os gêneros musicais ou não?
Eu acredito na música brasileira!
Novos artistas estão surgindo e eu mentalizo uma nova era muito próxima, de
muitos festivais cheios de cor e muito amor,   
bandas realmente boas, com verdade no caminho. Espaço sempre irá existir
pra todo gênero musical.
A música é uma
ferramenta muito poderosa de comunicação e envolvimento, é um agente de mudança,
definitivamente.  Se você ouve uma canção que só fala em futilidade, só irá atrair esse tipo de frequência…Por favor, aqui vai um
apelo aos novos compositores, mais AMOR por favor!
. Queremos saber um pouco mais sobre seu trabalho como produtor. Você consegue
ter tempo para tudo?
Nada melhor do que ser o
seu próprio produtor! A liberdade pra fazer tudo da forma que quero, tem sido
incrível!
To adorando gravar
instrumento por instrumento, convidar amigos músicos pra fazer um arranjo aqui
um arranjo ali, com toda a calma do mundo. Espero poder produzir tudo o que eu
puder.
 Se mais pra frente me faltar tempo acredito
que estará em boas mãos essa parte.
. Atualmente você está em processo de produção do seu primeiro álbum. O que podemos esperar dele?
Sim, Podemos esperar
muitas mensagens de luz, sensações sonoras, e música feita com coração.

Uma arte
que fiz em primeiro lugar de encontro a mim mesmo, me sinto nú literalmente ao
me escutar. Não é fácil colocar pra fora o que passa na cabeça, e aceitar – te
a ti mesmo, você com seus medos, defeitos, vontades e sentimentos, tem sido um
desafio pessoal.
. Entrevista quase no final. Conte as próximas novidades do seu trabalho?
Podemos espera por clipe?

Sim!!!
Tem clipe de “Concha” já pronto pra ser lançado dia 30 de novembro!
Lançamento oficial do álbum Utinga será dia 3 de janeiro, Tenho algumas outras
novidades de shows pra ano que vem e muito som novo! Utinga terá 12 canções, e
ja posso dizer que tenho músicas para fechar um segundo álbum, mas que devo lançar
só no final de 2015. No meio do ano que vem lanço alguns outros sons que vão
estar no segundo álbum! A criação não para!
. Qual mensagem você deixa para os fãs e leitores do blog?
A mensagem que deixo é que
se você está lendo isto, era pra você ler! Acredite! Nada é por acaso! Nada
mesmo!

Então
aqui vai minha mensagem. Muito Amor em sua vida! Faça o que te deixa feliz sempre!
E acredite que tudo o que você pensa, se torna real! Viva o Agora JÁ! não
espere pra ser o que quiser no fulturo. SEJA!!!!! MUITO AMOR!!!!!

De ser
humano pra ser humano! mantenha-se na LUZ!!!!

. Hoje você comanda o blog. Qual música você deixa para os leitores?
Dá o play para indicação no cantor Victor Olivatti! 

Gostaram?
O que vocês acharam da entrevista?  Deixe
seus comentários!
Atualmente está produzindo seu próprio álbum, intitulado
“Utinga” , do tupi “Águas Claras”, também nome do
Bairro onde cresceu.

Eu vou curtir mais um pouco o
som desse músico talentoso e deixo vocês, mas amanhã tem muito mais para vocês.
Beijo,

@maahmusic
Author

DEIXE SEU COMENTÁRIO