sábado, 13 de setembro de 2014

Dá o play: Projeto Diaz.

Oi, queridos amantes da música,

Sinceramente hoje estou muito feliz e vocês devem estar se perguntando o porquê. Simples, galera: música! Isso mesmo, o nome da minha felicidade é “música”. Cada vez que recebo um email, um recado no Facebook ou no Twitter de alguma banda querendo mostrar seu trabalho, eu realmente fico muito feliz. Às vezes, é pura decepção, mas confesso que, pelo menos 70% do que recebo é aproveitado, tanto é que nem sempre sei o que postar no blog para vocês. Chega de conversa e vamos conhecer do projeto DIAZ.


Após quatro anos a frente da banda Sin Ayuda, o compositor e guitarrista Vinícius Dias agora faz o caminho inverso. Sua alcunha é seu nome, e com seu instrumento em mãos nasce o projeto DIAZ.

Em 2013 foi lançado “Delirante EP”, com 3 faixas interligadas progressivamente permite uma viagem sonora totalmente instrumental. Lançado virtualmente pelo selo paulista Discos e Afins, atraiu a curiosidade de quem esperava algo semelhante ao seu antigo projeto. Ainda em 2013, lançou pelo selo joseense Bigorna Discos, o EP “Caipira” 100% em português. 

Natural de Taubaté/SP, DIAZ libera o single "Não é por isso" e o b-side "Silenciosamente espero ela chegar". Também apresenta duas homenagens com as versões de "Sujeito sem brio" da banda Hierofante Púrpura e "Terrapin" do inigualável Syd Barrett."

Transtorninho Records é um selo formado lá em Recife por gente que gosta de rock, mas também de esquisitices variadas em termos de som e imagem. Com seu primeiro lançamento, DIAZ, libera o single "Não é por isso", disponível para download .

Vamos deixar de lero-lero e dá o play  no novo single!



Gostaram? O que vocês acharam do single “Não é por isso”? Comente aqui!

Quer acompanhar sobre o projeto Diaz? Simples: acessem e saiba tudo que está rolando sobre ele!

FACEBOOK

Bom, galera, se vocês forem viajar, já tem um som bacana pra ouvir; se forem ficar em casa, também tem som bom. Então quero ver todo mundo aumentando o volume do som!

Beijo,
@maahmusic 

Um comentário: