sábado, 28 de junho de 2014

Giro Pelo Mundo: Copa Parte II.

Olá, leitores! Renan Oliveira aqui trazendo mais um Giro Pelo Mundo para vocês! Na segunda semana do especial sobre os países da Copa do Mundo 2014, vou apresentar mais artistas dos países que enfrentaram o Brasil.

Na segunda-feira do dia 23 de junho, nosso país jogou contra Camarões, ganhando de lavada por 4 a 1. O país que faz parte da África encontra um ritmo musical marcante na Makossa. Quem se lembra de Rihanna citando o gênero em Don’t Stop The Music? Uma curiosidade é que a Makossa esteve presente também na Copa de 2010, quando Shakira utilizou um sample da música “Zamina Mina” do grupo Golden Sounds no hino daquele ano, “Waka Waka”. O ritmo também pode ser encontrado na nossa indicação camaronense desta edição, a cantora Gasha. Ela é uma artista revelação que apareceu recentemente no cenário musical. Seu grande sucesso foi lançado ainda no ano passado e se chama “Kaki Mbere”.



O vídeo tem uma fotografia bem africana, com tambores e savana, mas o destaque é mesmo a música que nos envolve num efeito transcendente, ainda que não saibamos o que Gasha fala sem recorrer a uma boa tradução. A música da cantora tem influência de muito do que ela ouvia na infância, desde D’angelo e Boys II Men a Celine Dion e Lauryn Hill, mas sem deixar de lado a cultura enraizada de Camarões. Assim como Severina, a croata da semana passada, sua música é considerada pop em seu país, trazendo o melhor do som camaronense. Entre as fusões sonoras, temos a já citada Makossa, R&B, Hip Hop, Afrobeat e até Funk. Isso porque Gasha não gosta de ser categorizada em um estilo musical, experimentando de tudo um pouco. O primeiro álbum de sua carreira será lançado ainda esse ano.

Com a vitória sobre Camarões, o Brasil passou em primeiro lugar para as oitavas de final da Copa e já enfrentou seu rival. No jogo de mais adrenalina até agora, nosso time empatou com o Chile e teve que decidir o resultado nos pênaltis. Para a alegria da torcida verde-amarela, o Brasil ganhou com um gol a mais. Falando de música, os ritmos do Chile são os menos variados da América Latina e têm quatro tendências principais, evidenciadas pela localização. A Música Andina é a mais marcante, tendo ligação com os indígenas da fronteira da Bolívia. Temos ainda a Música do Vale-Central, derivada da Espanha, onde se destaca uma dança de nome no mínimo curioso, a Cueca. Os outros dois grupos rítmicos são a Música do Sul, com influências tanto da Espanha quanto dos aborígenes, e a Música da Polinésia Chilena, referente à tribo dos rapanuis. Esses são os ritmos de raiz, mas é claro que o rock chileno também tem seu lugar ao sol, sendo uma adaptação do ritmo norte-americano. É aqui que se encontra nossa dica musical: Los Bunkers. A banda surgiu em 1999 e já tem dez álbuns lançados no total, incluindo coletâneas e shows ao vivo.



O vídeo acima é da música “Quien Fuera”, lançada em 2010 no álbum “Música Libre” e um dos grandes sucessos da banda. Los Bunkers atualmente moram no México desde 2008 e se influenciam pelo rock dos anos 1960, principalmente The Beatles. Inclusive já ganharam o apelido de Beatles Chilenos em diversas ocasiões, ou seja, o som é de qualidade. A maioria dos integrantes começou em bandas covers de rock dos anos 1960 e dos Beatles, reforçando as influências. O grupo é formado pelo vocal Álvaro López, os guitarristas Mauricio Durán e Francisco Durán (também no teclado), o baixista Gonzalo López e o baterista Mauricio Basualto. Recomendação especial: o último ábum lançado em 2013, “La Velocidade de La Luz”.

Esse foi mais um Giro Pelo Mundo, com músicas de qualidade dos países da Copa. Reforçando a coleção da temporada, temos então a croata Severina, os mexicanos da Moderatto, a camaronense Gasha e os chilenos da Los Bunkers. O próximo adversário do Brasil é a Colômbia, de onde vem uma cantora muito famosa ligada à Copa já citada nesse post, Shakira. Mas isso é assunto para o próximo GPM. Até a próxima e continuem torcendo!
Regards,


Renan Oliveira.

5 comentários:

  1. Eu amei o giro de hoje!
    Beijos
    http://isabellalmeida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post, que adrenalina mesmo o jogo de ontem, adorei o giro :) beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Nunca tinha ouvido falar na cantora Gasha, mas achei super interessante a mistura de ritmos que ela faz!


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  4. Que bacana o post, adorei!

    brazilianvogue.com.br
    Instagram/Twitter: @ferbiajoti

    ResponderExcluir