quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Entrevista Exclusiva Marco Lafico



Olá, meus queridos leitores.
Eu (Maah Music), estou superfeliz, pois hoje tem entrevista exclusiva com Marco Lafico, aquele da voz linda e das belas composições. Quem lembra quando eu o apresentei aqui?

Ele está de volta ao Blog Maah Music e, antes de tudo, quero fazer meus agradecimentos muito especiais ao Marco pela oportunidade de ter essa entrevista para os meus leitores. É uma honra para mim e para o blog.

Então, com vocês, Marco Lafico no Blog Maah Music! 



. Eu estou muito feliz! Comecei o ano de 2013 muito bem e é com felicidade e honra que tenho a presença de Marco Lafico aqui no Blog Maah Music. Conte para gente: você sempre soube do seu talento com a música?
O prazer é todo meu de participar desse blog, comecei o ano muito bem também com esse convite! Olha, lembro que desde pequeno sempre gostei muito de música, minha mãe tem umas filmagens minhas lá pelos três anos e toda vez que começava algum comercial eu começava a dançar com a música. (Até hoje não sei dançar rs) Depois, lá pelos seis, ganhei uma bateria de brinquedo, então talvez seja um daqueles casos que parece que a gente nasce com essa missão de fazer alguma coisa pelo mundo, deixar um verso, uma música, fazer alguém feliz com alguma canção. 

. Antes de ser músico você pensava em seguir outra profissão?
 No ensino médio, a professora um dia perguntou para cada um qual seria a profissão escolhida em nossa vida. Quando chegou a minha vez eu falei: "Produtor Musical". Ela olhou para mim e só disse: "Tem todo o jeito". Nunca mais me esqueci disso. Apesar de ser formado em Administração de Empresas pela PUC-SP, todos os cursos que fiz na minha vida estão de algum jeito ou de outro ligados à música. Eu tenho esse lado empreendedor também; na verdade, em paralelo com a carreira de músico e produtor, eu desenvolvo um trabalho de Community Commerce em uma empresa chamada Mona Vie. É uma experiência maravilhosa e recompensadora e, de alguma maneira, todas essas formas de trabalho me ajudam a compor mais; eu preciso viver para ter algo sobre o que escrever. 
 
. Marco Lafico, como foi que você conheceu e entrou no mundo da música?
 Meu primeiro emprego foi em um estúdio de publicidade. Eu tinha acabado de fazer um curso no Instituto de Áudio e Vídeo e tinha conhecido por lá um rapaz que chamava Gustavo, tinha falado com ele uma ou duas vezes. Por coincidência do destino, estava andando na rua um dia e sem querer esbarrei nele, conversamos um pouco, ele foi embora, até que me chamou alguns metros depois dizendo que estava saindo do emprego atual e me perguntando se eu não queria assumir o cargo. Acho que foi o primeiro emprego mais fácil de se conseguir! Trabalhei por pouco tempo lá até que conheci Roy Cicala, um dos maiores produtores do mundo, fato que mudou minha vida desde aquele instante. Foi assim que comecei essa carreira. 

. É você mesmo quem compõe as músicas que você canta? Se sim, quais são suas fontes de inspirações?
 Costumo brincar que meu álbum é 95% Marco Lafico, porque compus todas as músicas neste trabalho, fiz todos os arranjos, gravei, mixei e masterizei. Isso me dá certa liberdade e talvez por isso demore tanto tempo para lançar alguma coisa. Minhas fontes de inspiração são coisas sobre a vida, relacionamentos em geral. Minhas ex-namoradas deixaram esse legado, eu gosto de falar sobre isso. O amor é um daqueles "problemas" que todo mundo quer ter, todo mundo quer ter alguém para dividir alguns momentos e isso me fascina. 


. Qual é a mensagem que você quer passa para a galera que ouve suas canções? 
Peço toda a ajuda do mundo para divulgar essa música por aí, compartilhar um vídeo no mandar o link para algum youtube, amigo. Essas pequenas ações fazem total diferença na minha carreira, então, se alguma coisa que eu disse em uma música te tocou de algum jeito, compartilhe esse trabalho! As canções são feitas de coração, o que escrevi ali são coisas que senti. Talvez você tenha passado por alguma situação parecida também.

. Conte para galera do Blog Maah Music: qual foi o momento mais importante da sua carreira?
Acho que foi a indicação ao Grammy Latino em 2010 pelo CD e DVD do Nasi que fiz junto com o Roy Cicala. Nunca pensei que pudesse ter um trabalho sendo indicado ao Grammy tão cedo na minha vida e isso me marcou muito, já que tive a plena certeza que estava no caminho certo. Em relação ao meu trabalho como músico, acho que o ponto alto será quando finalmente levar aquele clipe para televisão e mostrar essa história para todo mundo.


. Você acha que há espaço para todos os estilos e ritmos de música no Brasil?
Acho sim, o Brasil é muito grande para abrigar somente alguns estilos. Obviamente para cada região do país você tem uma cultura mais enraizada em um estilo ou outro, mas no geral é muito diversificado e isso é muito bom porque o artista se foca em expressar o que realmente sente em vez de se preocupar em qual é o estilo dominante daquele país. Conheço alguns músicos que saíram do rock para o sertanejo porque queriam "vender mais". Pessoalmente, acho isso ridículo, não pelo fato de Sertanejo, que é um estilo que ouço também, mas o público sabe que é uma coisa falsa. Então o estilo e o ritmo de cada um deve ser aquele que o coração manda. 

. Quais instrumentos você sabe tocar? Qual você mais gosta?
Meus instrumentos principais, além de voz, são guitarra, baixo e piano. Toco um pouco de bateria também. Na quarta música do meu cd, “Ensaio”, eu toquei todos os instrumentos. Mas de longe o que mais gosto de tocar é a guitarra, porque tem algo sobre esse instrumento que o deixa único, é um instrumento que permite micro-expressões; o jeito que você usa a palheta, o jeito que seu dedo vibra com as cordas, tudo isso influencia no timbre.

. Você acha que existem muitas pessoas com potencial para ser sucesso no mundo da música aqui no Brasil?
Tenho certeza disso. O Brasil é um país de MUITOS talentos, a internet viabilizou de alguma forma que esses artistas pudessem ter um espaço. Toda semana  eu encontro vários artistas maravilhosos, mas às vezes não conseguem alguma chance em uma gravadora e desistem. Hoje já é possível mostrar esse talento a um custo baixo e isso é maravilhoso. 
 
. Recentemente você lançou o clipe da música “Bruna”. Como foi fazer o clipe e o desenvolvimento dele?
Eu sempre desejei que o clipe fosse algum tipo de história, então um dia deitado na cama fiquei pensando sobre isso e, de repente, como um flash, tive toda a idéia do roteiro. No outro dia, liguei pro meu grande amigo Luringa e combinei de fazermos esse vídeo com a direção do Paul Domingos. O clipe foi feito com baixo custo e foi filmado nas brechas que eu tinha entre uma gravação e outra, funcionou muito bem! A idéia está ali e isso é o importante, é a realização de um sonho. Agora preciso de toda a ajuda para divulgar esse clipe para a MTV, Mix TV e isso só vou conseguir com a ajuda das pessoas que acreditam na minha música!
 
. Conte por Blog Maah Music: a música “Bruna” foi feita para alguém especial?
Na verdade, apesar do nome "Bruna", a música não é feita para uma pessoa só, peguei várias coisas que tinham acontecido comigo e apliquei na música. Ela fala muito sobre essa coisa de querer sair para algum lugar e esquecer-se do mundo. Fala também sobre aqueles momentos quando você não sabe se a pessoa está sendo sincera ou não, por isso a linha "me olha e diz se é atriz ou sonha". As pessoas de hoje por vezes se escondem por trás de muitas máscaras.
No geral, canto muito sobre sonhos: o personagem no fundo imagina que, indo para a Tv e mostrando aquela história para o mundo inteiro, talvez a garota o enxergue de outra maneira. Por outro lado, ela também pode ser tida como interesseira e preferi deixar isso em aberto para as pessoas decidirem quem era Bruna (risos).

. Você já trabalhou com grandes nomes da música. Qual trabalho foi mais inesquecível para você ou mais importante?
Um dos que mais gostei de fazer foi o “INFINITO” da Fresno, em que fiz toda a parte de áudio, do começo ao fim. Era uma responsabilidade grande fazer esse álbum, o primeiro independente da banda. O clima me marcou muito e me senti parte da galera, parte da banda. Isso me fez querer fazer um álbum histórico para o rock brasileiro. Todos tiveram liberdade total para opinar, dar sugestões, e o Lucas me deixou totalmente à vontade para mixar e masterizar do meu jeito. Acho que tínhamos uma imagem tão clara em nossas cabeças que todo o trabalho agradou à banda inteira e a mim. É muito gratificante quando você chega nesse estágio de confiança. Gravamos orquestras com o nosso amigo Lucas Lima da Familia Lima; isso foi uma decisão já pelo meio do álbum e isso também me marcou muito. Sinto que fizemos algo grandioso para os fãs de rock.


. O Blog Maah Music sempre está ligado nas novidades, então conte para gente quais as próximas novidades que podemos esperar de Marco Lafico.
Esse ano, eu quero começar lançando mais quatro músicas do meu álbum. Até o fim do ano vou lançar mais quatro e depois lançar uma versão física do cd. Pretendo também montar minha banda para fazer shows com essas músicas todas. Em paralelo, também já tenho idéia de dois vídeos, mas ainda é surpresa. Em relação à produção musical, estou com um projeto com o Luringa e o Esteban Tavares onde vamos começar a produzir bandas juntos. Isso já vai acontecer em Janeiro com a banda Divisa. Interessados podem mandar email para luringa@gmail.com para saber mais sobre isso. Muito trabalho em vista, tem músicas da Fresno, Família Lima e outros artistas para fazer também, vai ser um ano maravilhoso! 
 

. Eu sou fã das suas canções. Como é sua relação com os fãs?
Fãs representam muito para mim. O fato de que alguém escutou algo que eu fiz e se identificou com isso me deixa extremamente feliz, é uma sensação maravilhosa. Gosto do feedback deles e conversar com eles sobre isso! Agradeço a todos de coração, inclusive você!

. Depois de um tempo, muitos fãs surgiram e vem cada vez mais cresce o seu fã clube. Como é ver a galera falando do seu trabalho de uma forma positiva?
Quando lancei o álbum achei que no máximo 10 pessoas iriam ouvir! O que pretendo agora é ampliar ainda mais tudo isso e sempre peço para os fãs compartilharem os vídeos e compartilharem as músicas, só assim o trabalho vai crescendo e, quanto mais ele cresce, mais posso devolver aos fãs em forma de músicas, clipes etc. Mais uma vez, agradeço a todos!

. Entrevista quase no fim, então qual é a dica que você deixa para a galera que sonha em ser músico ou ter uma banda?
Ter banda e ser músico envolve vários fatores. Infelizmente, hoje o talento não é garantia de sucesso, pois o artista deve ter carisma, muita força de vontade e contar com uma dose de sorte. Gostaria de coração que todos os artistas bons fossem reconhecidos, mas não é assim que acontece. Então, como conselho, digo para começarem a carreira musical em paralelo, dinheiro é necessário. Enquanto você não deixa sua banda famosa, procure outras formas de ter um capital para investir em material, em cds, é assim que a coisa acontece. Tudo precisa de um investimento, seja em tempo, dinheiro ou o que for. Se você tem talento e acredita nisso, então faça algo a respeito, comece compondo algo, procure um produtor, grave da melhor maneira possível, tenha um material apresentável em mãos, isso pode fazer a diferença. O principal é nunca desistir. 

. Qual recado você deixa para a galera aqui do Blog Maah Music e para seus fãs?
Agradeço de coração pelo convite da entrevista e para os fãs principalmente pelo suporte que tenho tido. A ajuda de vocês vai dar o rumo à minha carreira, vocês têm o poder de me colocar no Faustão. Obrigado a todos que me ajudaram a chegar até aqui. Sou eternamente grato! 

. Não podíamos deixa você ir sem dedicar uma música. Qual você dedica para os leitores e o pessoal que gostam do seu trabalho?
Vou dedicar uma do meu álbum que chama "O Destino", você pode ouvir e baixá-la em www.reverbnation.com/marcolafico ou no meu site oficial www.marcolafico.com.br. Essa música fala justamente disso, sonhos que parecem guiados por um destino. Convido a todos também para assistirem meu clipe: www.youtube.com/user/marcolafico.
 Compartilhem este trabalho por aí! 

Agradeço o convite! Foi um prazer participar disso tudo! Para quem quer ouvir as músicas e conhecer um pouco mais, convido a todos a conhecerem minha página no Facebook! 


Vamos de música?

 Aumente do som e vamos ouvir Marco Lafico!



Gostaram?

Eu também adorei, além de lindo ele é muito talentoso. Hoje é pura festa aqui no Blog Maah Music.



Não deixe de acessar o site de Marco e ficar por dentro de todas as novidades. 



O blog Maah Music vai ficando por aqui e amanhã tem muito mais, muita música para vocês !!
Beijo,

@maahmusic
Revisão: Renan Oliveira


Um comentário: