Olá,
meus queridos leitores.
Hoje
tenho algo muito bacana para vocês: entrevista exclusiva com Marcelo Barney,
locutor da web rádio Mkk. Para quem nunca ouviu um dos programas mais bacanas
da web-radio Vitrine Rock Club, então não deixe de ouvir e ser divertir muito
com o melhor do Rock e da cena independente.

falei demais? Então vamos conferir essa entrevista bem legal com Marcelo Barney
do Vitrine Rock Club.

.É uma honra ter aqui no Blog Maah Music, um dos locutores mais
bem falados entre as bandas. Marcelo Barney, antes de ser locutor de rádio, no
que você trabalhava?
É uma grande honra poder contar um pouco da minha carreira para
o leitor do blog que está fazendo a diferença no mundo Underground de
rock. Bom, vamos a sua pergunta. Eu também sou publicitário e, no começo
da minha carreira, trabalhava em uma agência de publicidade que desenvolve as
campanhas de uma grande empresa de bebidas, entre outras empresas no ramo de
tabloides.
.Marcelo, como foi o inicio da sua carreira na rádio?
Começou como uma brincadeira quando eu frequentava um Karaokê,
que um dia resolveu inovar fazendo uma transmissão ao vivo de um programa para
uma Web Rádio. Eu fui o primeiro a “cantar” na estreia e passei a conversar com
o locutor do programa através do microfone do palco, já que o público da casa
não tinha chegado até então. Foi quando ele me convidou para fazer parte do
programa naquele dia e eu topei na hora. Passado mais algum tempo, fui
convidado a fazer parte em definitivo do programa.
Após um tempo como “ponte” para o apresentador, eu acabei
assumindo o programa por indicação dele – me lembro bem quando me fez a
proposta de eu ficar em seu lugar, que estava indo para outro programa; eram
umas 4h da manhã. Aceitei o desafio e fui aprendendo cada vez mais como falar e
agir no ar.
Mas nem tudo foi tão florido assim, comecei a enfrentar certa
resistência de amigos e até de familiares, que diziam que eu era louco e que
isso não teria fundamento ou até mesmo que eu não servia para tal coisa. Mas,
graças a Deus, sou uma pessoa desligada com esse negócio de falou ou deixou de
falar; eu sigo que eu quero e pronto.
  
. Quais são as principais dicas para ser um bom locutor de
rádio?
Antes de pensar em ser um bom locutor, precisa-se pensar em ser
uma boa pessoa, pois o bom locutor é no ar o que ele realmente é no dia a dia,
sem deixar de ser um comunicador.
As dicas seriam mais para prestar atenção no que se fala, pois,
quando se abre o microfone, a sua voz ecoa por lugares que você nem imagina que
tem alguém para lhe escutar.
Eu não costumo falar de política, opção sexual, religião ou da
vida pessoal de alguma celebridade, pois acredito que cada pessoa tem a sua
opinião e devemos respeitá-la.
 Ser atencioso com o público e pensar sempre que você é
apenas uma voz falando para milhões e o que disser as pessoas vão ouvir,
sentir, imaginar e se emocionar com você. E a principal de todas ser humilde
para apreender e ensinar.
 .Quais foram às dificuldades que você encontrou logo que
iniciou a carreira como locutor?
 A maior dificuldade que encontro até hoje é certo preconceito de
algumas pessoas por Web Rádio e a famosa pergunta: quanto você ganha? Sabe, eu
não fico perguntando por aí para os meus amigos quanto eles ganham ou deixam de
ganhar, mas, se querem saber, fica a dica: nem relógio trabalha de graça.
.O que fez você se interessar por rádio?
Bom, eu falo bastante e falo de tudo, o que me dá bastante
facilidade de falar no ar, pois, quando se abre o microfone e o botão vermelho
acende, um mundo passa pela sua cabeça. A adrenalina sobe e as palavras parecem
não querer sair, mas respiro fundo e falo para mim mesmo: “siga o jogo”. Isso
me faz querer fazer cada vez mais Rádio e saber que o que eu faço não é em vão. E uma boa pitada de
mistério.
.Quais os melhores locutores na sua opinião?
Poxa, eu poderia ser injusto se eu falasse só dos locutores
consagrados, mas vou falar de um consagrado e de alguns que estão chegando lá.
Entre os mais famosos, eu gosto da locução do José Luiz Datena
da Rede Bandeirantes, pois, no Rádio, não é nada parecido com o Datena do
programa de TV Brasil Urgente. 
O meu amigo, que foi meu professor, Fernando Cesar da Rede
Transamérica FM. Ele me ouviu fazendo o Vitrine Rock Clube, puxou as minhas orelhas
e também me elogiou. Devo um pouco a ele pelo novo estilo de locução aplicado
no programa.
E outro cara que acho muito bom no que faz é o Alex Hunt, que,
além de trabalhos publicitários, é a voz padrão da Kiss FM e apresenta o
programa Dance Mix junto com a minha Amiga Bia Ipsen, veiculado em várias
emissoras do Brasil.
Agora, um cara que aprendo muito com ele e tem uma participação
enorme na minha carreira e que, além de músico e locutor, é um grande amigo, é
o Marcos Mendes. Antes de chegar na Mkk, eu já ouvia alguns programas da Rádio
e achava muito bacana sua locução e estilo. Quando cheguei na emissora para
fechar contrato, foi um dos dias mais felizes da minha vida e eu mal sabia que
a partir dali minha vida iria mudar para melhor. (Que fique claro, não preciso
puxar o saco de ninguém; devo apenas reconhecer as pessoas que me ajudaram e
ajudam).
.Qual é o trabalho do locutor em uma rádio?
Fazer com que a sua voz seja compreendida pelo ouvinte de uma
forma clara, tranquila e eficaz, deixar o ouvinte imaginar e “conversar” com
você. O seu trabalho também é apurar notícias e informações antes de abrir o
microfone.
.Se você não fosse locutor, você seria o que?
Desde criança, tenho um pensamento de que passar pela vida sem
deixar frutos e algo que as pessoas sempre irão se lembrar de você é o mesmo
que não ter passado. Eu certamente continuaria a ser um publicitário e faria de
cada campanha única e inesquecível.
  
.O programa Vitrine Rock Club fala sobre música e muitas bandas
admiram seu trabalho. Como foi criado o Vitrine Rock Club?
Eu cresci ouvindo bons sons, como Raimundos, Led Zeppelin, Kiss,
Ratos de Porão, Queen, Mamonas Assassinas, Pink Floyd, entre outras bandas e
artistas nacionais e internacionais, ou seja, sempre no mundo do Rock‘n’Roll. Isso
me deu uma dimensão muito grande para fazer um programa de rock em uma outra
emissora, mas lá tocava-se rock nacional de tudo um pouco, desde Garotos Podres
a Barão Vermelho. Quando cheguei à Mkk, foi para fazer outro programa que não
tinha nada a ver com o que eu faço hoje e esse programa saiu da grade. Um pouco
antes de sair da programação, o Diretor Geral me ligou para avisar e disse que
eu ainda tinha o meu espaço dentro da emissora. Marcamos uma reunião e propus a
ele o nome Vitrine Rock Brasil, que seria o mesmo segmento do programa da outra
emissora. Resolvi mudar o nome para Vitrine Rock Clube porque se tratava de um
programa que serviria de vitrine para as bandas de rock e o clube é por ser
somente bandas independentes ou, como conhecido no mercado, banda Underground.
Ele concordou e novamente estávamos fechando um contrato para o novo programa,
que estreou no dia 14 de junho de 2012 e vai ao ar todas as quintas às 23h.
. Como as bandas fazem para participar do Vitrine Rock Club?
Muito simples: basta enviar um e-mail para vitrinerockclube@gmail.com com o material em
formato MP3 com o nome da banda e o nome da música no arquivo
ou nos procurar no nosso blog
www.vitrinerockclube.blogspot.com.br.
. O que você acha atualmente da cena underground?
Forte, desde que bem trabalhada, pois temos pessoas que pensam
junto e fazem de tudo para fazer a diferença, como a Mkk, o Vitrine e o Blog da
Maah. Infelizmente, ainda temos bandas que preferem pagar para tocar, músicos
que não estudam música e ainda se acham as estrelas. Vamos mudar isso quando
todos os músicos se ligarem que estudar não é feio e sim deixar o que é bom
ainda melhor. 
. Quais são as próximas novidade do Vitrine Rock Club?
O nosso blog http://vitrinerockclube.blogspot.com.br, a parceria que fechamos
com a Maah Music e muito mais que já está garantido para 2013.
. Entrevista chegando ao fim, qual recado você deixa para seus
fãs e o pessoal aqui do Blog Maah Music?
Para todos em geral, que no ano de 2013 seja realizado tudo o
que se plantou. A quem me conhece, é sempre um parazer estar com vocês e, a
quem não me conhece, está convidado para me ouvir às quintas-feiras na Mkk Web
Radio – 
www.mkkwebradio.com.br.
Ao blog, o meu muito obrigado pelo espaço e carinho por mim e
com o público do Vitrine. Obrigado também pela parceria.
 Marcelo Barney, qual música
você dedica para todo mundo aqui do blog?
Nossa, que missão difícil! Se eu escolher uma música de
uma banda do programa, teria de ser todas, pois todas as bandas são dez. Mas
como posso dedicar somente uma, vou dedicar um clássico do rock então – We Will
Rock You, da banda Qeen.
Gostaria de agradecer algumas pessoas que apoiam e fazem a
diferença para mim:
Maria Zanotti Marco Mendes, Renato Salesi, Marcia Mattias,
Seu Onofre, Marina Araujo, Andrea Stevan, Familia Offset, Leandro, Debora, LP,
Digu, Felipe, Tiago Cabete, Fernanda Coelho, Sergio Aguiar, a Família e ao Fã
clube Marcelo barney, 
E aos colaboradores / Patrocinadores do programa:
Mkk Produções, Musicks, Magia Video, Zanotti Criação, Maah
Music.

 

Gostaram?
Bacana, né?
Eu adorei entrevista e o Marcelo; ele é incrível. Já
convido vocês para ouvir a rádio Mkk, pois é qualidade de música e muito mais
para vocês.
Novidade é que o Blog Maah Music agora tem parceria
com a web Rádio, então já sabem: se está aqui, é porque é muito bom! Eu mesma
sempre ouço a programação para ficar bem informada.
Então acessem: www.mkwebradio.com.br
Facebook.com/vitrinerockclube
Eu fico por aqui. Até amanhã!
Beijo,
@maahmusic
Revisão:
Renan Oliveira

Deixe seu Comentário