Caros
leitores musicais,
Hoje
temos um convidado pra lá de especial hoje aqui no blog Maah Music: o cantor
Vitor Amoretti!!


um tempo postei sobre o trabalho dele como “dica da Maah Music” e claro que
aproveitei para bater um papo com ele. Além de bonito, ele mostrou que tem
muito talento e que veio para ficar na cena underground.
bora
ler com exclusividade a entrevista com Vitor Amoretti!!
Conta para a gente
Vitor Amoretti. Como foi que você decidiu ser músico?
Desde bem pequeno eu estava cercado pela música, mas meu
primeiro contato foi aos 6 anos com violão. Não conseguia fazer acordes porque
meus dedos eram muito pequenos, então eu só tocava a melodia. No entanto eu só
decidi que queria isso mesmo quando eu tinha 17 anos, quando comecei a cantar e
descobri minha verdadeira paixão.
Você escolheu
um repertório totalmente diferente do que os artistas mais recentes estão
tocando. Como foi essa escolha?
Sempre procurei cantar músicas que eu gostasse e não me
preocupava tanto assim com a aceitação do público, sempre tentando mesclar as músicas
próprias junto. Mas tenho canções bem conhecidas que acho que a galera curte
bastante.
Em uma
publicação recente do Blog Maah Music, a aceitação do público foi megapositiva,
pois recebemos vários emails falando do seu bom trabalho. Como é pra você ver
que todos estão curtindo seu trabalho?
Acho genial. Sempre disse que se tu tens alguém gostando é
porque tu estás fazendo alguma coisa certa. A reação das pessoas com o EP foi
bem positiva, fiquei muito feliz.
Como foi que
você descobriu o amor pela música?
Poucas coisas me deixam tão feliz quanto cantar. O que me faz
amar tanto a música é como uma canção de 2min consegue mudar o humor de uma
pessoa.
Você fez
alguns covers no YouTube, quais bandas você mais gosta de fazer cover?
Gosto muito de Panic! at the Disco, Fall Out Boy, Los Hermanos,
Muse, Djavan, Caetano, Tom Jobim… Mas na verdade só coloquei no YouTube 10%
dos vídeos que eu tenho gravados no computador.
Nos vídeos do
youtube, vimos que você manda super bem no violão. Com qual idade você começou
a tocar?
Como falei antes, o primeiro contato foi com 6 anos, mas só fui
estudar o básico com uns 15 eu acho.
Atualmente, o
que mais você tem ouvindo de música?
Por incrível que pareça, muito Pop. Escutei o cd do One
Direction e fiquei impressionado com a qualidade da produção. Escuto de tudo um
pouco, desde Música Clássica, como Johannes Brahms, Beethoven, Mozart, Bach,
entre outros. Sempre fui apaixonado por música, desde orquestras até o pop.
Quais são suas
influências?
Gosto de pensar que o que me influencia na música é tudo o que
eu escuto. Eu me espelho até em coisas que eu não gosto.
Com que o
cantor você gostaria de dividir o palco?
Em nível de ‘sonho’, tem Bruno Mars, Adam Levine, Chris
Carrabba, Patrick Stump. Mas um lance que está começando a rolar é tocar com
bandas de amigos meus, como a Hatchi. Logo mais tem show com os amigos da AME,
da Vouten e também os da LeChevais.
As composições
são todas suas? Qual o segredo para letras e melodias tão diferentes e boas?
Sim, são todas minhas. Acho que o que diferencial das minhas
letras é que são todas sobre mim, contam coisas reais que aconteceram comigo,
me considero meio dramático na hora de escrever.
Na sua
opinião, hoje em dia dá para viver de música como antigamente?
É uma coisa que eu to prestes a descobrir, mas, se tu nunca
tentares, não da pra saber, né?
Qual cidade
você gostaria de tocar?
Quero tocar pelo Brasil todo, mas uma cidade que falam muito bem
é Santa Maria. Todo mundo diz que o pessoal de lá é super legal.
Vitor
Amoretti, música pra você é…?
É uma coisa que eu tenho que fazer porque eu preciso.
Você além de
bonito é muito estiloso. Você se preocupa com moda?
Obrigado. Não me preocupo muito com a moda não, mas gosto de me
sentir bonito. 
Quais são as
próximas novidades, depois do EP lançando?
Tem o primeiro clipe do EP vindo aí e em janeiro pretendo já lançar
um single novo.
Qual á
mensagem que você quer passa com sua Música?
Acho que o principal que esse EP tenta mostrar, é que as pessoas
não devem mudar por algo que não vale a pena. Sejam sempre vocês mesmos e não
desistam de seus sonhos.
A entrevista já
está quase no final, mas conte para o Blog Maah Music. Qual recadinho você
deixa para todos os seus fãs?
Até ontem, não sabia da existência dessa gente querida que gosta
da minha música. Acho que foi só com o lançamento do EP que vi que rolou uma
galerinha. O recado é: muito obrigado pelo carinho e apoio! Quero ver todos
cantando comigo nos shows.
Para
finalizar, queremos saber: qual música você dedica pra todos aqui do Blog Maah
Music?
O EP é todo meio dramático, mas deixo para vocês ‘Tudo no seu
lugar’. Muito obrigado pelo espaço e foi muito divertido responder essas
perguntas.

Então… Curtiram?
Adoro o Vitor Amoretti e suas músicas; são muito boas e sem
contar o seu talento de cantar muito bem!!

 

Então não deixem de acompanhar as novidades e muito mais sobre o
trabalho do Vitor.
Bom,
eu vou curtir mais um pouco do som do Vitor Amoretti, então uma ótima semana
para todos vocês. 
Beijo,
@maahmusic
Revisor: Renan Oliveira

4 Comments

  1. Maah ele me pareceu ser bem simpático..gostei da entrevista 😀
    Desejo-lhe muito sucesso!!

    Ah, eu já curto lá sim querida ^^
    Beijos

    lolaporlola.blogspot.com

    Instagram: stephanieparizi

DEIXE SEU COMENTÁRIO