Olá, amigos. Tudo bem? Esse é meu primeiro texto aqui no blog, e logo de cara que quero falar sobre um assunto que me deixou um pouco intrigado na roda de amigos: “Existe jazz sem saxofone? Acho que não…” E existe rock sem guitarra? (Você com certeza pensa que é óbvio que não) mas a resposta é SIM!
   Ao dizer isso pra meus amigos, alguns riram e outros se questionaram, e se você também está fazendo isso, ótimo! Afinal é sempre bom buscar por respostas e aqui vai ela…
    Cada instrumento produz um som, e todos eles perceptíveis aos nossos ouvidos, portanto, quando trabalham em harmonia, podem provocar uma musicalidade extraordinária e muito bonita para nossa audição. 
     Você está totalmente condicionado a pensar que não existe nenhuma banda de rock com tamanha audácia a não ter uma só guitarra em seus shows, clipes, etc. Pois bem, está errado, quer exemplos? A Banda de rock Cintura, de Portugal é o melhor deles (pra mim). Afinal, quando uma bateria com batuques e pratadas suaves é fundida com um contrabaixo de vários acordes com muito groove, e tudo isso somado a notas impecáveis de teclado/piano e um vocal de arrepiar, é rock! E rock sem guitarra!
 
Quer ver?
 
(Cintura – Um café só) 
 
     Mas os exemplos não acabam por aqui, existem muitas e muitas bandas, grupos, projetos que envolvem música sem o principal instrumento do rock, o que se torna algo diferente, legal, curioso, e isso é ótimo, pois hoje em dia qualquer moleque que toca uns 3 ou 4 riff´s numa guitarra qualquer, já se julga grande instrumentista, no mundo em que tudo é música, não é mesmo?
   Essa próxima banda é de stoner rock/electro, chama Death From Above 1979, do Canadá. É uma dupla que se recusa a contratar guitarrista, é só baixo sintetizado e bateria, e o som é animal, mais pesado do que muita banda que contém guitarras. A banda não tem nenhum canal oficial no youtube, portanto vamos postar um vídeo de um fã: 
 Death From Above 1979
       
            Tudo isso vai além do que você está acostumado a ouvir? Caso sim, ótimo! Essa é uma excelente oportunidade pra navegar no mundo da boa música, adquirir experiência seja como músico ou fã, e ver além do que estão todos os dias causando uma rotina no rock mundial. Só cabe a você ter uma visão mais ampla de tudo isso, e ter ouvidos receptivos para novos gêneros, como jazz, blues, progressive rock, etc.
É isso, aproveitem a dica e ouçam novas músicas, faz bem pra saúde! (risos)
 twitter: @ConceitoRock

6 Comments

Reply To Mi Cancel Reply